Pesquisar este blog

quarta-feira, 28 de março de 2007

Formas de Amar

Hoje parei para pensar sobre o significado do amor, acho que não é uma surpresa saber que eu não encontrei resposta, pois existem várias formas de amar, logo, não existe uma definição justa para um sentimento tão nobre.

Amor pode ser doação, compaixão e gratidão, assim como também pode ser exclusão, amor pode ser todos os sentimentos do Mundo resumido em apenas um só, podemos nos doar e nos anular ao mesmo tempo, e esses dois atos pode ser resultar no amor. Hoje cheguei a conclusão que estou divido ao meio, uma metade que age por sentimento e outra por razão, nesse momento sou o Marcos sentimento, acho que na maior parte do tempo sou sentimento, mas o Marcos razão também é um cara legal, o Marcos sentimento seria capaz de te trancar num quarto e não deixar você sair de lá nunca mais, o Marcos sentimento te quer para ele, mas o Marcos razão não acha isso justo e deixa você ir.

Acredito que isso é amor, nem sempre o Marcos razão está 24 horas em cena, e nem sempre ele foi eficaz, mas as pessoas mudam, hoje sei que te perder seria algo extremamente violento para o meu coração, mas não posso te privar dos seus sonhos e ideais.

Uma vez disse que nunca queria viver uma historia de amor, pois historias de amor tem fim, e o que eu sinto por você é infinito e se perde de imensidão dos meus sentimentos, não me lembro ao certo quando te disse isso, mas já fazem mais de dois anos, hoje sei que o que eu disse é verdade, o que sinto por você é maior do que tudo o que tenho guardado dentro de mim, é amor, hoje receio ter vivido o que nunca quis: Uma historia de amor... Talvez não, pois mesmo te perdendo, sei que para sempre te amarei, mesmo você estando há 20 mil km de distancia, saiba que jamais te esquecerei.

Uma vez ouvi que o amor passa por nossa vida apenas duas vezes, as duas passou com você, te amei quando te vi, te amei quando te beijei, te amei quando me entreguei a você e por muito outros momentos que estão na minha memória, Deus me deu a graça de em quatro anos te amar intensamente, é obvio que também tivemos momentos ruins, mas não há como negar que foram quatros anos de amor, acredito que não vivi uma historia de amor, o que sinto eu sei que não terá fim e jamais te esquecerei.

Passei momentos com você, que não passarei com mais ninguém, lembra quando entregamos os cheques para a compra do apartamento e fomos ao Ibirapuera planejar como seria nosso apartamento, aquele foi o dia mais feliz da minha vida, a vida não nos permitiu ir além, mas agradeço a ela por ter me dado pelo menos o gostinho de ter um momento como aquele, até hoje tenho aqueles prospectos guardados, às vezes fico olhando e imaginado como seria nosso apartamento, acho que seria bonito, nos temos bom gosto.

Hoje te amo a ponto de saber que sou muito pequeno para você, que você precisa de mais, precisa do Mundo, te amo a ponto de saber que não sou bom o bastante e sei que você merece mais, merece conhecer outros lugares, fazer novos amigos e não ficar limitado a uma vida a dois com compromissos pré-agendados, amor é dar liberdade e se um dia esse amor se for e ele voltar, quer dizer que sempre foi amor...

Um comentário:

Vitor disse...

O Segredo da Felicidade está na Liberdade e o da Liberdade está na Coragem!