Pesquisar este blog

sábado, 17 de novembro de 2007

Mentalizando e Materializando

Quarta-feira foi um dia memorável, foi ao Show do Nando Reis com o Douglas, o melhor de tudo é que as músicas do Nando Reis marcaram a nossa vida de forma impar, creio que ficamos um pouco balançados com direito a flash back no meio do Credicard Hall, nos beijos quando o Nando tocou All Star, Por Onde Andei e Quem Vai Dizer Tchau? Fiquei caidinho, mas depois voltamos ao Mundo real, foi apenas uma viagem astral que acabou logo.

Antes de irmos ao show o Douglas me perguntou que se um dia ele quiser se casar se pode ser comigo, confesso que fiquei surpreso, mas encarei isso como um carinho excessivo, com o fato dele se sentir bem ao meu lado e me querer sempre por perto, encarei como uma afirmação de uma amizade de primeira linha, uma amizade verdadeira, apesar de termos ficado na quarta, hoje encaro muitas amizades como algo mais forte do que um casamento ou um relacionamento, pois relacionamentos vão e as amizades sempre ficam.

Na vida nada é definitivo, como o maravilhoso texto da gloriosa Clarisse Lispector diz: Só o que está morto não muda, não posso menosprezar o curso da vida, ela pode surpreender-me, arrebatar-me e me levar para situações inusitadas, ontem brinquei com o Douglas, dizendo que hoje iria morrer, ele falou: Não morre não, se você morrer eu morro junto, confesso que me senti maravilhosamente bem com isso, sempre quis ter um amigo que se importasse comigo ao extremo e que se declarasse para mim, quem disse que amigos não podem fazer declarações de amor? Ainda não sei se essa declaração se remete a uma amizade, mas enfim, estou vivendo, e a magia da vida é a certeza que estamos em constantes mudanças e que vivemos num Mundo dinâmico.

Vou vivendo e mudança, acreditando na vida, no destino, mentalizando coisas boas e remetendo ao universo, no universo estão as respostas e o sucesso para a minha vida.

4 comentários:

Alanyson disse...

É..., realmente, algumas pessoas marcam as nossas vidas de tal forma que confundimos a nossa história com a dela. Não somente isso, mas os gostos, os pensares etc. são misturados e incorporados ao outro de forma no mínimo criativo da natureza humana. Que bom que vocês estão assim. Não se desamparem, porque a velhice pode sobrevir e esse tipo de contato (sentimento) costuma ser mais raro nessa fase da vida. Felicidades

Leo Carioca disse...

A meu ver uma amizade é mais importante do que uma relação a 2. Acho até que já comentei isso com você, né?
O importante é ficar junto de pessoas que fazem bem à gente.

Anônimo disse...

SAMIR...aki.
Posso me sentar ao teu lado?terminei com meu namo no domingo e
so hoje apos ligar pra ele pra ter
certeza,realmente acabou e o chao se
abriu.N vim para arrasta-lo para o buraco mas para que saibas k sei k sentes.Olhe k tava com medo.Vou deixar rolar pra ver o k acontece.
Vamos pensar positivo elogo coisas
vem pra gente,voce vai voltar a brilhar e dessa vez tua luz nao ira apagar.
kus!

Anônimo disse...

SAMIR
Oi lindo,eu reli tua storia e pensei o qto es forte pra encarar tal situacao.Eu e meu gato voltamos
mas se isso n acontecesse,eu pensei
em voltar de ferias em jan e me mudar de pais ou cidade.Manteria amizade com ele sim,mas beeeem longe de mim.Talvez ele va ler o k te digo e sei o qto e dificil para ti,mas,seja amigo dele gatim,mas de um tempo a si mesmo.Esse negocio
de ficar em contacto com ele NAO
curara a cicatriz.TENTE mante-lo distante de ti ao menos uma semana.
Te digo k fiz isso(chorando) mas disposto a levar a vida,qdo meu namo me liga,sentindo minha falta.
Das 2 uma!Ou teu ex,faz o mesmo,ou vai de vez e vc oercebe k realmente virou uma amizade e viva tua vida.
Se kiseres me contactar:
carlogriego@hotmail.com (esse e-mail)