Pesquisar este blog

terça-feira, 18 de março de 2008

Colhemos o Que Plantamos

É redundante quando alguém fala que nos colhemos o que plantamos, isso é obvio, não tem como colhermos aqui que não semeamos, a não ser que se colha o que foi plantado no terreno do vizinho, mas caso isso ocorra, eu encaro isso como um plantio, encaro isso como algo de negativo que a pessoa está plantando para a sua vida, foi exatamente o que fizeram comigo, colheram parte do meu plantio: Certa vez eu estava indo para casa, chegando no pedágio abri a minha carteira, pois nela tinha 50 reais, mas para a minha surpresa ela estava vazia e eu tinha que pegar o pedágio, passei muita vergonha até que um carro ao lado viu o que estava acontecendo e pagou o pedágio, passaram-se muito tempo e hoje descubro que eu não perdi os 50 reais e sim que cataram da minha carteira, encaro isso como um plantio negativo que a pessoa fez, 50 reais de semente negativa pode gerar uns 1000 ou mais de colheita negativa, não estou desejando o mal, mas acredito no efeito borboleta, o que fazemos afeta bombasticamente no nosso futuro.

Temos que tomar cuidado com os nossos atos, a nossa vida não é um teste de laboratório para ver se dá certo ou não, a única vida que temos para viver para fazer acontecer é essa, não podemos desperdiça-la com atos torpes, fazendo assim, estamos jogando a nossa existência, a magia da vida no lixo, eu sou responsável pelo meu plantio, e assumo que já plantei maldade, já proferi maldades, mas há uma grande diferença quando você realmente se arrepende do que fez e faz algo para minimizar a situação e não comete mais tais atos, nesse caso também colheremos o que plantamos, pois o arrependimento não apaga o que foi feito, mas é o mínimo que podemos fazer quando comentemos algo por impulso ou premeditadamente, é lamentável quando as pessoas não mudam os comportamentos que não vai de acordo com o mínimo exigido para viverem em sociedade, uma pena.

6 comentários:

Mi disse...

Olá...gostaria que entrasse em contato comigo por email (micy_shalom@hotmail.com)
É realmente urgente...
Obrigada!

RICARDO AGUIEIRAS disse...

Situação triste e ruim, né....por que quem pegou não te pediu o dinheiro emprestado, se precisava?
Beijos,
Ricardo
aguieiras2002@yahoo.com.br

Alberto Pereira Jr. disse...

tb acredito que a que se faz, a que se paga.. sei que é chavão.. mas tudo volta.. e o que plantamos, colhemos... não devemos e nem podemos passar os outros para trás para nos dar bem

kinho disse...

oi passageiro


menino a semente de hoe dara bons ou mals frutos confrme é o desejod e quem a plantou


beijos
kinho

Adoa disse...

Olha, talvez essa pessoa precisasse demais desse dinheiro... tenta ser positivo. Fewlizmente tiveste quem te ajudasse, não foi mau de todo. Não faço ideia de que quantidade estás a falar, porque não conheço a vossa moeda, sei que custa "perder" dinheiro, sei-o porque sou veterana nisso... (Em perder, claro!)

Leo Carioca disse...

O que começa mal não costuma terminar bem, né?