Pesquisar este blog

sábado, 9 de setembro de 2006

Podemos Nos Tornar Super-Heróis

Não sei se faço mal em fantasiar muito a minha vida, acho que sim, ontem pensei muito sobre o meu comportamento, acho que não tenho sido adulto o bastante para encarar alguns momentos da minha vida, é necessário ser criança, mas não sempre, as vezes temos que encarar a realidade do mundo adulto.

Ontem estava com o Douglas no Shopping D, enquanto ele escolhia um sapato eu fui até o banheiro, no cominho passei em frente de uma loja de brinquedos e vi um boneco gigante do Superman, muito bonito por sinal, acho que fiquei uns dois minutos olhando para ele e pensando como seria bom se não vida tivemos super-heróis que resolvessem os nossos problemas num instante, depois refleti mais sobre isso e constatei que esses super-heróis existem e eles somos-nos mesmos, descobri que nos temos super poderes, só que fazemos mal uso dos mesmos.

“Se todos fizéssemos o que somos capazes de fazer, ficaríamos literalmente surpresos”
Thomas Edison


Thomas Edison foi um super herói, ele experimentou fazer o que ele era capaz e não apenas ficou surpreso como surpreendeu o Mundo inteiro, hoje não teríamos a mesma vida se Thomas Edison não fizesse o que ele era capaz de fazer, hoje não teríamos a lâmpada, o telefone, o telegrafo, e outras 1300 invenções atribuídas a ele, não estou sugerindo que todos têm que ser como Thomas Edison, pois sei que é pedir demais, mas podemos fazer coisas simples, como pedir perdão, como se tornar cada dia um pouco mais humilde, como amar incondicionalmente, se todos nos fizéssemos isso o Mundo seria muito melhor, muitos amores não morreriam prematuro, São Paulo não iria amanhecer chorando por causa de uma facção criminosa que voltou a atacar, não teríamos guerra no Líbano e nem crianças passando fome, era só nos seguirmos o conselho de Thomas Edison.

Eu vou fazer o possível para segui-lo, talvez se tivesse me predisposto a isso antes hoje não estaria de DP em duas matérias na faculdade, talvez não tivesse tido tantas brigas com meu namorado, talvez não tivesse perdido tantos amigos e nem ter feito tantas pessoas sofrerem, poderia utilizar o poder do Perdão, do Estudo, do Companheirismo, e mais uma infinidade de poderes que temos dentro de nos.

Sempre costumo dizer que viver é simples e descomplicada e que nos somos os únicos culpados por nossa vida dar errado, não quero mais jogar apenas palavras ao vento, quero realmente viver tudo que o falo de bonito, não quero mais usar minha língua para ferir e amaldiçoar, quero profanar apenas coisas boas e que tragam boas vibrações para mim, baseado em tudo isso, deduzi que sou um super-herói inativo e se começar a trabalhar bem o que tenho de bom dentro de mim, conseguir fazer muitas coisas boas, não espero mudar o Mundo como Thomas Edison fez, tenho certeza que conseguirei mudar a minha vida e a vida de quem me rodeia.

Um comentário:

A disse...

muito bom velho, assino em baixo tudo que vc escreveu.....