Pesquisar este blog

sábado, 6 de outubro de 2007

Quando a chuva passar


Pra quê falar
Se você não quer me ouvir?
Fugir agora não resolve nada
Mas não vou chorar
Se você quiser partir
Às vezes a distância ajuda
E essa tempestade um dia vai acabar





Só quero te lembrar
De quando a gente andava nas estrelas
Nas horas lindas que passamos juntos
A gente só queria amar e amar e hoje eu tenho certeza
A nossa história não termina agora
Pois essa tempestade um dia vai acabar.





Quando a chuva passar
Quando o tempo abrir
Abra a janela e veja eu sou o sol
Eu sou céu e mar
Eu sou seu infinito
E o meu amor é imensidão






Só quero te lembrar
De quando a gente andava nas estrelas
Nas horas lindas que passamos juntos
A gente só queria amar e amar
E hoje eu tenho certeza
A nossa história não termina agora
Pois essa tempestade um dia vai acabar





Hoje não sei dizer se a chuva um dia passará, é difícil afirmar isso quando temos amor para recomeçar, gostaria muito de ter conhecido o meu ex-namorado hoje, pois hoje estaria pronto para ter um relacionamento 100%, sem cobranças bobas, em pegação no pé, com confiança e respeito, ele sempre defendeu a idéia contraria ao casamento, não que ele queria ter uma vida livre, promiscua, ele queria liberdade, quer ter o ar dele, hoje me sinto pronto para dar esse ar, pois também não penso mais em casamento, mas não quer dizer que não quero ter alguém do meu lado, um namorado para passar um final de semana na minha casa, para viajarmos, passearmos e curtir uma balada de vez enquando, hoje teria um relacionamento com o Douglas com plenitude, contando que esquecêssemos tudo o que passou, não tocar no passado deixa-lo em seu lugar, e tocar a vida, almejando apenas o futuro, e vivendo um dia de cada vez, esperando a vida acontecer.

No passado cometi erros que me arrependo amargamente, escrevi coisas que não deveriam, na vida quando escrevemos algo, tal edição não é passível de reedição, a historia da vida uma vez lançada jamais poderá ser recolhida para reedição, tais capítulos atrapalharam muito o meu relacionamento, não há como apagar, mas há como deixar o passado no seu devido lugar, eu perdoei erros quase que imperdoáveis, e na vida todos deveríamos ser assim, perdoar, amar, doar, namorar e viver. Sinto falta do toque, o Douglas me tocava de forma impar, sabia os pontos certos do meu corpo, me convidava para ir ao céu e fazia um espetáculo comigo de camarote, queria cuidar novamente, amar, me doar e acariciar, mas não vou invadir o espaço dele para isso, se um dia voltar a acontecer será de forma natural, com muito respeito, carinho e paixão.

Assim como a mim, o Douglas não é um cara lindo e maravilhoso, é um cara normal que me conquistou, ele não é uma pessoa extremamente simpática, mas tem até certo humor, porém um humor mórbido que eu adoro, ele é um cara atencioso, gentil e educado, extremamente esforçado e batalhador, um homem que vale a pena ter algo a mais, disse a ele que se ele precisar de uma carta de referencia eu posso fazer, porém faria com muito dor, estaria recomendando algo que queria ter para mim, mas respeito o Douglas, e espero que um dia a chuva passe... e o sol volte a brilhar, brilhar bem forte, amo o Douglas de paixão e a dor que eu sinto por tê-lo perdido é algo irreparável, não o esquecerei jamais, amo e sinto muito falta, pois ainda existe amor para recomeçar.

10 comentários:

Carlinha disse...

[i] Se fosse uma declaracaum de amor.... realmente esta espetacular...... Realmente eh terrivel quando so conseguimos enxergar os erros quando realmente perdemos o nosso chaum....

Amore.... te amo... se precisar de mim.... sabes que pode contar.....

Beijos... Carlinha!!!

Fantôme disse...

É, cara, se não deu, não adianta ficar insistindo e se desgastando ainda mais por algo sem chances de dar certo. Fazer o que... aproveite que você está solteiro, tente se recuperar e logo você arruma outra pessoa. Porque esse tal de Douglas podia ser maravilhoso, mas não é o único no mundo.

Forte abraço,

Nina disse...

Lindinho...estou sentindo sua dor...mais será que vale a pena tentar?
Estou do seu lado sempre...em que tempo for...
Posso não concordar com sua decisão, mais aceito e te apoio...

Thiago disse...

Concordo com o fântome, existem outros caras maravilhosos no mundo. Eu sei que a dor de uma perda é terrível ,principalmente quando nos arrependemos de ter errado e sabemos que não tem volta...Mas a vida tem que seguir. Felicidades.

BIA disse...

USE ESSA DOR PARA AGORA. Gaste-a bem para não deixar que resquícios dela atrapalhem o seu futuro... Digo porque sei - e vc tb sabe - que tentar ser forte e não esgotar esse sentimento causa alguns dissabores em relacionamentos futuros... Entende? Bjoka cuide-se fique com Deus eu adoro vc e sinto saudades.

BIA disse...

ENTÃO, eu TALVEZ vou mudar para o blogspot tb... mas enquanto isso...
www.casadabia.zip.net

Raphinha disse...

Meu amigo bola pra frente.
Creio que o que aconteceu foi muito bom e vc sente falta dele mas isso irá lhe preparar para outro relacionamento.

Grande abraço.

:***

Leo Carioca disse...

Oi!
Encontrei o link dseu blog lá no Yahoo respostas. Legal! Vou voltar outras vezes, tá?
Quando quiser passar no meu, seja bem-vindo!
E obrigado por responder a minha pergunta sobre o Elvis lá.

Anônimo disse...

Puxa,teu site e muito bonito com todas essas poesias vinda de teu coracao.Parabens,es tambem um gato
mas sao tuas palavras sinceras que nos fazem cair de joelhos!
kus!

Anônimo disse...

As grandes perdas são mesmo sempre difíceis!
mas a vida continua...
vc é um cara super bonito e pelo que me passou através do seu blog... uma pessoa muito legal tmbm!
o tempo passa e com ele surgem novas esperanças, novas experiências... novas pessoas!!
é só esperar e ver!!
um grande abraço!