Pesquisar este blog

Carregando...

terça-feira, 30 de março de 2010

O Vereador mais Incoerente de Todos os Tempos

Carlos Apolinário está no cenário politico há muito tempo, seu primeiro cargo público foi como deputado estadual no ano de 1982, depois foi reeleito mais duas vezes como deputado estadual, em 1994 foi eleito deputado federal e no ano de 2000 foi eleito vereador, sendo reeleito em 2004. A experiência política de Carlos Apolinário é inquestionável, com formação em direito e tendo nas mãos concessão de rádios, ele tinha tudo para ser um grande defensor dos direitos humanos, mas não é o que acontece.

Recentemente o vereador apresentou na câmara um projeto de lei que veta a realização da Parada Gay na Av. Paulista, com o claro intuito de enfraquecer a visibilidade e o tom reivindicatório do evento. Depois que a Marcha para Jesus saiu da Av. Paulista, essa não é a primeira vez que parlamentares ligados a igreja evangélica tenta desarticular o movimento gay, jogando para uma região de pouca visibilidade um movimento de cunho político que tenta mostrar para a sociedade que devemos conviver com a Diversidade. A Marcha para Jesus não acontece porque evangélicos são mortos por expressarem a sua fé, mas sim com o único intuito de evangelizar, de fazer um dia de festa para "glorificar o nome do Senhor Jesus", diferente da Parada Gay, que acontece para mostrar quantos somos e questionarmos até quando seremos órfãos políticos?

Troquei alguns emails com o vereador em questão e nesses emails o vereador disse que é "a favor de um Estado laico e também de um Estado onde todos são iguais perante a lei". É uma declaração politicamente correta, mas será mesmo que o Sr. Carlos Apolinário é a favor de um Estado laico? Carlos Apolinário também apresentou um projeto que muda algumas regras da lei do silêncio, essas mudanças beneficia em especial as igrejas evangélicas que realizam vigílias durante a madrugada, faltando com respeito aos cidadãos, que não tem o direito de ter uma noite de sono tranquila. Com as novas regras, as denuncias ao Psiu só terá que acontecer com a presença de um fiscal da prefeitura, ou seja, se alguém ligar para o Psiu, esse munícipe terá que receber em casa esses fiscais, no horário em que a ocorrência está acontecendo, ou seja, de madrugada. Se a queixa proceder, o reclamante tem que se identificar para que a multa ao estabelecimento/igreja seja aplicada, mas isso não é o bastante, Carlos Apolinário também reduziu os valores das multas, tirando da mesma o caráter punitivo que antigamente continha mais rigor.

O vereador em questão, também é autor do projeto que institui o "Dia do Orgulho Hétero", nas trocas que email que tive com o parlamentar, ele disse que "sobre o Dia do Hétero, apenas criei um contraponto a propostas na Câmara que criava o Dia da Lésbica e Dia do Homossexual. Não é contra, é a favor dos que entendem que não está fora de moda ser hétero", eu respondi dizendo que "é difícil viver numa sociedade onde héteros não são aceitos por suas famílias, onde héteros são mortos diariamente pelo simples fato de quererem expressarem a sua sexualidade. Espero que a heterossexualidade volte a estar na moda e que vocês ultrapassem a barreira de pelo menos 12% de héteros na sociedade".

Temos que aproveitar as discussões que serão geradas por conta do tema da Parada Gay de São Paulo - Vote Contra a Homofobia, Defenda a Cidadania - e colocar em evidência parlamentares totalmente descomprometidos com os direitos humanos. Temos que limpar os legislativos do fundamentalismo religioso e exigir um Estado Laico de fato. A teocracia é tão repugnante, que duvido que alguém que vive numa democracia queira viver em país como o Irá, Iraque ou Paquistão. O Estado não é religião e temos que varrer da política os parlamentares que querem instituir nos legislativos as extensões de suas vidas religiosas. Não ao fundamentalismo religioso e sim ao Estado Laico, temos que lutar por isso.

4 comentários:

Luck® disse...

Perfeito!

Sabe, Marcos, muito comum eu defender uma questão absolutamente lógica e, no entanto, ter de enfrentar a hostilidade alheia por conta dos pretensiosos, os "senhores de si", autoritários, mentirosos se sentirem desafiados por ela.

Um colega discutia a retirada de crucifixos (e eventualmente qualquer outro símbolo que represente uma crença) de todos os órgãos públicos e textos públicos; Mesmo da Constituição e até das cédulas "Deus seja louvado".

Não é um estado laico? Professar fé ou professar fé nenhuma é um direito e o Estado não deve privilegiar direta ou indiretamente, proposital ou inconscientemente qualquer culto... Ou o não culto!!!

Assim, por mais que eu tenha sido criado no seio de uma família católica, sou OBRIGADO a reconhecer que, o Estado Democrático - como representação de TODOS os cidadãos - deveria mesmo proceder tais mudanças.

Do mesmo modo, quando falamos em igualdade de direitos, que se aceite leis reparadoras, mas que os movimentos homossexuais não queiram "dar o troco", agir vingativamente ou ainda, errar os mesmos erros sob a bandeira das 7 cores.

Qualquer legislador, qualquer político tem de servir a TODOS, não importa se a pessoa por trás do cargo é canhota, leonina, gay e não seja corintiana.

Atender em um momento uma grande parcela de pessoas em situação de maior gravidade é compreensível, mas as demais parcelas tem de ser atendidas.

É uma questão moral e simples. Difícil é a gente entendê-la até mesmo quando, aparentemente e/ou imediatamente ela parece não nos favorecer.

Sinto falta de sua presença. Respeito.

Abraço.

Paulo Braccini disse...

Parabéns amigo pela dignidade, pela criticidade e inteligência, pela coragem com que vc toca nas feridas ... a luta é esta mesmo mas vc não pode ser a voz solitária que grita no deserto ... todas as camadas sociais oprimidas precisam tomar esta consciência e se tornarem caixa de ressonância para estas lutas que lhes dizem respeito diretamente ...

bjux

;-)

Alexandre Lucas disse...

Triste ver que foi eleito.

O Professor disse...

Há um site que traz notícias diárias sobre Vereadores e Câmaras. Eu me cadastrei e recebo notícias todos os dias em meu e-mail. o site é www.vereadores.net