Pesquisar este blog

Carregando...

terça-feira, 6 de março de 2012

Cabaret

Semana passada, assisti o espetáculo Cabaret. A obra-prima de Fred Ebb e John Kander, que corre o mundo há quase 40 anos e rendeu um filme célebre com Liza Minnelli. Na nova montagem brasileira, Claudia Raia interpreta Sally Bowles, um personagem-chave na História dos musicais.

O espetáculo original é de 1966 e foi escrito pelo dramaturgo Joe Masteroff, que se baseou na peça Eu Sou Uma Câmera, de John Van Druten, inspirada, por sua vez, no livro Adeus, Berlim, de Christopher Isherwood. A história se passa em 1931, num cabaré decadente de Berlim, o Kit Kat Club.

Na versão original, as músicas são de John Kander e Fred Ebb - dupla de compositores dona de musicais de sucesso como Chicago eO Beijo da Mulher Aranha. Na versão brasileira, as adaptações musicais e do texto ficaram por conta de Miguel Falabella. A montagem conta com 21 atores e uma orquestra de 14 músicos. A direção geral é de José Possi Neto.

O papel de par romântico de Claudia Raia estava prometido a Reynaldo Gianecchini, mas como o ator está afastado dos trabalhos artísticos para tratar de um linfoma, foi substituído por Guilherme Magon, de 25 anos, que vinha de Mamma Mia!. O espetáculo saiu de cartaz no dia 03 de março, assisti a penultima apresentação.

3 comentários:

FOXX disse...

que inveja!
nessas horas q eu qria morar em sp.

Serginho Tavares disse...

faltou dizer se gostou do espetáculo...

Marcos Freitas disse...

Adorei e espetáculo.