Pesquisar este blog

sexta-feira, 4 de abril de 2008

Meu Simples Desejo é Que Tudo Termine Bem

Ontem foi um dia atípico do que estou acostumado a viver, fui submetido a várias emoções em um único dia, na quarta-feira cheguei tarde em casa, pois fui ao Shopping com a minha irmã e com o Douglas, antes de ter levado minha irmã ao médico e de assistir aula na Assembléia Legislativa, demoramos muito no Shopping e quando saímos a Dutra estava completamente parada e eu morto de cansaço, pois já tinha enfrentado congestionamento na região do Ibirapuera quando fui para um curso de Política, ficamos umas duas horas parados, houve um acidente na Dutra que envolveu duas carretas, e o acidente acabou interditando a pista. esses acidentes estão ficando comum, o pior é que um acidente em uma unica via pará a cidade inteira, o transito de São Paulo já é estado de calamiade pública, foi proibido a circulação de caminhões de entrega das 5 da manhã as 9 da noite, achei a decisão radical e necessária.

Na quinta-feira pela manhã recebi uma noticia que me deixou abalado, um representante de uma empresa de tecidos que nos atendia faleceu, conheço ele há mais de 6 anos, ficamos amigos, ele sempre se mostrou preocupado com o ambiente na qual ele estava inserido, sempre perguntava sobre minha vida, minha faculdade, minha família, ele tinha câncer há vários anos, e estava lutando contra ele, eu não esperava a sua morte, pois ele tinha uma força incrível, nunca ouvi ele reclamando da vida ou praguejando, o que muitos fazem em situações até mais favorável que ele estava submetido, nesses últimos anos vi a sua perda de poder aquisitivo por conta dos tratamentos que ele tinha que arcar, vi a troca de carro por um mais barato e econômico, a troca de um apartamento de luxo por uma casa mais simples, mesmo perdendo poder aquisitivo. ele nunca perdeu a força e a magia de viver, cheguei a visita-la no hospital, ele estava animado, sempre falando de negócios, perguntando se a empresa que ele representava estava nos atendendo bem, e mesmo debilitado, ele vinha na empresa nos visitar, a ultima visita que recebemos dele foi há um mês, mal sabíamos que seria a sua ultima visita.

Não fui ao velório do Alberto, cheguei no cemitério 10 minutos antes do enterro, dei um abraço no seu filho, que já estava substituindo o pai a algum tempo, prestei minhas condolências e acompanhei o cortejo até a cova onde ele foi enterrado, alguns choraram muito, outros já não tinha lagrimas para expressarem suas emoções, mas chorando ou não, todos, absolutamente todos sabiam que ali estava sendo enterrado um homem de bem, um homem querido, que mesmo num estado deplorável que a doença lhe submeteu, nunca foi ingrato ao dia que lhe era dado, foram um dos enterros onde vi mais folhes no tumulo, valorizo muito esse momento, o ultimo momento de despedida, não perco isso por nada, pois se que me arrependerei amargamente depois, largo tudo o que estou fazendo para prestar a ultima homenagem a pessoa que partiu e tem representatividade na minha vida, quando estavam colocando as folhes sobre o tumulo, eu senti vontade de bater palmas, mas me contive, não sei como as pessoas iriam interpretar isso, mas aquele era um homem que merecia deixar o Mundo sendo aplaudido de pé, pois o câncer não o venceu, ele mostrou bravura, lutou como um verdadeiro guerreiro até o fim, e digo isso porque o ultimo contato que tivemos com ele foi na segunda-feira, no dia que ele ligou do hospital para falar de um pedido nosso, esse homem não foi vencido, ele venceu, e partiu desse Mundo como honras e glória, mas me contive e não aplaudi externamente, mas interiormente estava aplaudindo e dizendo adeus, estou triste por nunca mais poder ver o Alberto, mas sei que em outro plano ele está olhando para todos nos, e o melhor de tudo, a dor não lhe acompanha mais.

Saindo do cemitério tinha um outro compromisso, há semanas atrás comprei ingressos para o show do Ney Matogrosso, muitos imprevistos aconteceram no percurso, ontem houve um acidente na Marginal Tiete envolvendo uma carreta, um carro e uma moto, e devido a isso a via ficou interditada por mais de 6 horas e um percurso que eu poderia fazer em 30 minutos eu fiz em 3 horas e 3 minutos, que era da Marginal Tiete até o Citibank Hall onde foi o show do Ney Matogrosso, show que foi excelente, o Douglas adorou, e eu também, mas não há como se entregar por inteiro a um show quando você acabou de sair de um enterro, mas pretende ir a outros shows do Ney Matogrosso, nunca vi tanta autenticidade em uma pessoa, como vi no Ney, a única critica que eu tenho foi a falta de dialogo dele com o público, mas segundo um amigo “esse comportamento faz parte da produção e os críticos estão comentando sobre isso e dizem que isso é só na produção do show Inclassificáveis", como foi o primeiro show dele que eu fui, não tenho parâmetros para criticas, mas pretendo ir em outros, eu recomendo e agora entendo porque eu comprei os ingressos com antecedência e não consegui achar bons lugares, a casa estava completamente lotada, a galera vibrou, quando ele entrou cantando “O Nosso amor a Gente Inventa do Cazuza” a casa veio abaixo, outro ponto alto do show foi quando ele também homenageou Cazuza com a música Ideologia, e no finalzinho ele cantou “Simples Desejo”, fiquei a música inteira pensando na família do Alberto, o dia não terminou bem para eles, mas fica aqui registrado o meu simples desejo que de tudo fique bem para eles.

Simples Desejo

Que tal abrir a porta do dia,
Entrar sem pedir licença
Sem parar pra pensar,
Pensar em nada…

Legal ficar sorrindo à toa,
Sorrir pra qualquer pessoa
Andar sem rumo na rua

Pra viver e pra ver
Não é preciso muito
Atenção, a lição
Está em cada gesto
Tá no mar, tá no ar
No brilho dos seus olhos
Eu não quero tudo de uma vez
Eu só tenho um simples desejo

Hoje eu só quero que o dia termine bem
Hoje eu só quero que o dia termine muito bem

Legal ficar sorrindo à toa,
Sorrir pra qualquer pessoa
Andar sem rumo na rua

Pra viver e pra ver
Não é preciso muito não
Atenção, a lição
Está em cada gesto
Tá no mar, tá no ar
No brilho dos seus olhos
Eu não quero tudo de uma vez não
Eu só tenho um simples desejo

Hoje eu só quero que o dia termine bem
Hoje eu só quero que o dia termine muito bem

17 comentários:

Mans, André disse...

gente ainda bem que tudo acabou bem

Râzi disse...

Bom, saudades sempre vão ficar... mas a saudade, encarada de bom ânimo, é um balsamo.

E ja ouvi falar maravilhas do Ney.

Beijão!

kinho disse...

oi passageiro

"a morte não é o fim de tudo mais o começo de um novo recomeço" já tive varias sensações de morte todas em sonhos e percebi que não é tão dolorasa a "passagem" pois a morte nada mais é que uma passagem de um plano para outro... se quiser saber mais leia sobre as religiões vedicas da india e você entendera nós como ocidentais não temos o conhecimento milenar dos orientais.. mais concordo com você a partida de alguem amavél é sempre inesperada e nós deixa atônitos...

beijos
kinho

Alberto Pereira Jr. disse...

realmente o trânsito de são paulo está uma calamidade.. é só cair um pingo de chuva tudo pára.. além é claro dos acidentes e do excesso dos automóveis...

meus pêsames sobre seu amigo

e o Ney Matogrosso é excepcional.. o show deve ter sido ótimo!

Leo Carioca disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Leo Carioca disse...

Eu admiro as pessoas que conseguem passar por problemas sérios sem nunca reclamar e sempre procurando vencer.
Sem dúvida o seu amigo foi um vencedor!
Bom, muita força aí pra você!
Um abração!

Adoa disse...

Que dia...

Ainda bem que acabou da melhor maneira!...

Com aplausos, com certeza de pé!

Também sou fá do Ney!!

Beijos

Blog do Jean disse...

Na vida assim é assim, vivemos coisas boas e ruins, por isso que devemos viver a cada momento que é bom intensamente... Você falando do show do Ney, deu muita vontade de estar lá.
Ah! não te vi mais online, o que acontece!
Bjs...

Liz / Falando de tudo! disse...

Conhecendo novos blogs dei uma passadinha aqui no seu que achei super simpatico apesar de muito diferente do meu, te deixo um convite para ires até la. Sera uma honra pra mim, um abraço, boa semana!!
Liz

mariposos disse...

Nem me fale em transito, meu sonho é o tele transporte do Star Trek ....

Monitor de LCD disse...

Hello. This post is likeable, and your blog is very interesting, congratulations :-). I will add in my blogroll =). If possible gives a last there on my blog, it is about the Monitor de LCD, I hope you enjoy. The address is http://monitor-de-lcd.blogspot.com. A hug.

alanyson disse...

Grande menino...tão doce são suas palavras...É um prazer para mim conhecer você...

rotar34 disse...

Adoro essa musica do cazuza, que foi regravada pela Luciana Melo

Stella disse...

Nossa...q dia..
Sinto muto pela sua perda! :(
E sinto muito pelo congestonamento...
E mooooooooorro de inveja por vc ter ido no show do Ney!
Meu sonho!!! ELe é um artsta fantastico...

Abraço!!!

Carmen Bentes disse...

Meu príncipe:

Quanta sensibilidade ao "costurar" todos os assuntos de uma rotina que nos empedernece.
Fiqui especialmente sensibilizada com a sua percepção do valor do Alberto, cuja luta começa a me fazer refletir sobre meu atual estado de ânimo. Não se deixar vencer, seu texto grita em cada entrelinha.
Ainda pude viajar pelo show do Ney Matogrosso que eu amo, além de desfrutar de uma letra linda como a de "Simples Desejo".
Seu blog cada vez mais incitante, excitante e supreendente! fotos magníficas e essa ilustração sua, em cima da foto que eu adoro e faz um jogo de esconde-revela, é puro refinamento. Obrigada amigo, obrigada por me libertar de um dia comum e me levar para seu mundo, absolutamente especial.
Beijos.

Anônimo disse...

Muito lindo o que você fala. Realmente, o Alberto foi feliz só pelo fato de ter sido seu amigo. Eu também gosto muito de você e do Douglas, quero que sejam sempre felizes....
Beijos,
Ricardo
aguieiras2002@yahoo.com.br

David disse...

Boa tarde Marcos tudo bem?
Sem querer, acabei me deparando com seu blog. E tenho que assumir: que grandioso hein? Em um momento em que os blogs perderam espaço para os sites de relacionamento dos mais diversos, cá está um que realmente chama a atenção. Você trabalha a sexualidade do ser humano tão inocentemente e com um cunho tão maduro que o prazer na leitura é inevitável. Geralmente os blogs que ainda resistem em existir ou são pornográficos ou sem nexo. Mas esse aqui está de parabens. Voce acabou de ganhar mais um leitor. Sempre que possível farei minha visita.

Um abraço.