Pesquisar este blog

Carregando...

domingo, 7 de abril de 2013

Marco Feliciano ultrapassa todos os limites do bom senso e atribui morte de Jonh Lennon a vingança divida

O Pastor Marco Feliciano, Presidente da Comissão de Direitos Humanos da Câmara dos Deputados, em mais uma sessão de incontinência verbal, atribuiu a morte de John Lennon a uma orquestração divina. 

Em uma pregação, o evangélico ele diz que o primeiro tiro dado em Lennon foi em nome do pai, o segundo em nome do filho e o terceiro em nome do espírito santo. Também declarou que gostaria de estar lá, no momento que descobriu o corpo, para dar essa declaração ao morto. 

Os seu fieis glorificam a morte do ex-beatles, validando o discurso do pastor, apregoando em Deus uma imagem negativa e assassina. Marco Feliciano não pode falar em nome de Deus. Sempre ouvi dizer que Deus é amoroso e misericordioso. 

Fico muito preocupado com essa nova vertente do cristianismo, que prega Deus como carrasco e que está pronto para descer sua grande mão sobre a sua criação e massacra-la. Gostaria de saber onde se encaixa o amor, tão atribuído a Deus, nessa pregação do pastor Feliciano.

Nenhum comentário: