Pesquisar este blog

Carregando...

quinta-feira, 12 de novembro de 2009

E-Dub

Na viagem que fiz para Piracicaba, tive a oportunidade de conhecer a E-Dub, melhor boate gay da região de Piracicaba. Vários convites já haviam sidos feitos para conhecer a boate através do Pedro Pitanga da Ômega Hitz e ele sempre argumentava que a balada era tudo de bom e que eu precisava conhecer. Vontade não faltava... Quando surgiu a possibilidade de participar do Seminário de Políticas Públicas e da Parada Gay de Piracicaba, entrei logo em contato com o Pedro para constatar se ele estaria na E-Dub, ele disse que sim e para melhorar ainda mais a noite, o Leo Granieri também estaria na balada, achei luxo.

Fui a balada no sábado passado (07/11), além da programação normal, houve uma festa pré-parada na boate. O Léo estava hospedado no mesmo hotel que eu, marquei de irmos juntos. A entrada da balada estava movimentada e a rádio Ômega Hitz estava com a sua unidade móvel, sob o comando do locutor Molina, que também participou de toda a programação do seminário. A drag Rubia era a hostess da balada, a Dimmy Kieer também compareceu a balada, elas, juntamente com o Léo, fizeram uma farra generalizada ao vivo na rádio Ômega Hitz cantando “I’m a Single Ladies” da Beyoncé, foi inevitável não mergulhar os meus pensamentos em São Paulo e/ou a quem ficou em São Paulo.

A casa tem uma mega-estrutura, pista, bares, camarotes e um espaçoso lounge, o sistema de ventilação da casa é o ponto forte, a pista principal é toda equipada de um sistema de ventilação no chão, é impossível passar calor na E-Dub. A cartela de bebida incluía a tão apreciada tequila, mas não fiquei motivado em tomar tequila sozinho, tomei vários drinks chamado “Green”, caipirinhas e um drink que levava o nome de casa, uma batida de pêssego. Não preciso dizer que fiquei super simpático.

Saímos da casa por volta das 7 da manhã com a pista super animada, o DJ Davis Dee, que tive a oportunidade de conhecer na Parada Gay, confessou que comanda o som até o ultimo cliente sair da pista, em São Paulo, cansei de sair das baladas ao som das vassouras da equipe de limpeza. Sou assim mesmo, difícil de sair, mas quando saio, tenho que me divertir até não agüentar mais. Pretendo voltar na E-Dub em outras ocasiões e da próxima vez acompanhado para virar algumas tequilas e potencializar a curtição.

5 comentários:

J. M. disse...

Sou igual a você! Só saio da balada no lixo, quando já não há mais nada a fazer a não ser de fato ir embora. Já tive a oportunidade de ver um show de Jimmy Kieer, e simplesmente adorei! Linda(a) não é mesmo?
Abração.

FOXX disse...

nada de tequila pra mim tb!

EuEle disse...

Gosto da E Dub. Fica perto de minha cidade. Conheci gente muito legal por la. Ia antes de estar casado, sinto saudades de dancar. Qdo meu garoto vier vou dancar um pouco com ele por la. Sigo teu blog, e gosto, abraco.

kinho disse...

oi meu xará gostoso

nossa esse homem, solto na balada é um tremendo PEGADOR kkkk

beijos
kinho

Luck® disse...

Puxa, minha turma (pais e irmãs) moram em São Pedro, 30 min de Pira. Passo obrigatoriamente por lá, mas nunca parei para conhecer direito a região. Depois de 2 horas de viagem, o que quero é logo chegar na casa da família e desabar num sofá, numa cama.

Mas ano que vem, quero ir, sim! E estando com melhor pique que esta época, combino contigo se tb estiver a fim!