Pesquisar este blog

Carregando...

domingo, 18 de abril de 2010

Entre Homes: Sessão Cinema com o Filme Boy Culture

Amanhã, 19/04, acontece à primeira sessão de cinema do Entre Homens em 2010. O filme escolhido é o Boy Culture, que retrata a saga do garoto de programa X. X vive em um apartamento com Andrew e Joey e é apaixonado por Andrew. Joey, um adolescente inconsequente, é apaixonado por X – e, assim, os colegas de apartamento formam um tórrido triângulo amoroso. Enquanto isso, X segue passando por provações e contratempos e encontra um senhor, Gregory, que se torna seu fiel cliente e mentor e com quem o michê acaba por se envolver emocionalmente. O filme abriu o 14º Festival Mix Brasil, em 2006, e foi sucesso de público.

A sessão é aberta para todas as cores do arco-íris e os organizadores avisam que terá pipoca.

Quando
Segunda-Feira, 19/04/10, ás 19h30

Onde
Rua Santa Isabel, 198 - São Paulo, SP, perto do Metrô República.
Travessa da Amaral Gurgel, uma depois da Rua Marquês de Itu.
Telefone: (11) 3337-2028. Mapa e mais sobre o clube: www.upgradeclub.com.br
* tocar a campainha para entrar o bar estará aberto para os presentes

Sobre o Entre Homens
Gerenciado por Murilo Sarno, o Projeto Entre Homens visa a refletir, numa roda de conversa livre e espontânea, temas relacionados ao universo gay masculino.

5 comentários:

raulito disse...

Quem pudesse ver ese film...aqui nao ha nada disso...
gosto do seu blogue.
raulito
http://fromtop2bttm.blogspot.com/

RICARDO AGUIEIRAS disse...

Eu adoro tudo o que o João Marinho faz... assisti excelentes palestras e debates no Entre Homens... Já vi Boy Culture e tenho, é um excelente filme e toca, ora divertido, ora delicadamente, em questões que interessam a todos nós.
Beijos,
Ricardo
aguieiras2002@yahoo.com.br
http://dividindoatubaina.wordpress.com/

RICARDO AGUIEIRAS disse...

Esqueci de falar duas coisas, para prestar a atenção no filme, no relacionamento do personagem principal, um garoto de programa, com o seu cliente velho, que só aceita transar quando surgir o amor , no dia em que o michê vier a amá-lo...
Ah, e que te linkei...
Ricardo
aguieiras2002@yahoo.com.br
http://dividindoatubaina.wordpress.com

Serginho Tavares disse...

eu bem queria ir...
e este filme eu tenho que ver porque a sinopse é bem interessante

Luck® disse...

Este filme eu vi mais de uma vez e faz algum tempo. Fotografia muito boa, música idem.

Quando abre uma "vaga" entre os horários para seus clientes, o belo michê conhece um homem idoso e sofisticado que vai tecendo uma trama psicológica bastante forte. Um filho da píiii, mas o filme salva o papel do cara quando este salva o "amor" no final.

O ator que depois fez parte do elenco de uma dessas séries americanas LGBTs, o negro.... Nooossa, que corpo! Ele é gato também.

O único pecado é que o autor impõe que o amor deve prevalecer (Não que eu seja contra!) o que, em termos de realismo, não acontece.

E o cachê do rapaz também é pura ilusão, não é não?

De qualquer forma, gostei bem e recomendo.