Pesquisar este blog

domingo, 9 de novembro de 2008

A Cidade Sensível

Impressionante como São Paulo é uma cidade sensível, ela não pode receber uma gota d’água que fica toda magoada, e absolutamente pára.

Sexta-feira tinha a intenção de ir ao Salão do Automóvel com alguns amigos, o Willians, o Hudson, e o meu amor. Encontrei o Willians na Av. Vieira de Carvalho, e de lá fomos para o Ibirapuera pegar o Douglas e esperar o Hudson, saímos de lá em direção ao Anhembi às 19 horas. A 23 de maio estava completamente parada, então fomos pela Brigadeiro, deduzi que a Av. Paulista estava parada, então peguei a Al. Jaú para pegarmos a Av. da Consolação, que também estava parada, saindo da Av. da Consolação, fomos em diração a Duque de Caixais para seguirmos em direção ao Anhembi... Enfim, chegamos ao Anhembi às 21h30min, demoramos 2h30min num percurso que deveríamos fazer em 40min ou menos. A entrada no Salão só era permitida até as 21 horas, ficamos frustrados, São Paulo estava um caos, é uma cidade que impossibilita a marcação de um encontro com um horário agendado, esse é um dos motivos que a minha família veio morar em Arujá.

Como não conseguimos entrar no Salão, fomos para o Boteco Bohemia, não conhecia o bar, achei excelente, e com opção de comidinhas maravilhosas, foi ótimo, pois pudemos conversar com o Hudson e o Willians, e o Salão do Automóvel? Terá que ficar para o ano que vem. Espero que na ocasião a cidade não esteja sensível como na sexta-feira passada, e não resolva mostrar toda a sua fúria por conta de densidade demográfica que se concentra em São Paulo, usando o maior vilão para quem vive na capital, o transito.

9 comentários:

O Menino que Voa disse...

nossa... vc descreveu com perfeição as aventuras e desventuras de se guiar por SP!!! Voces ainda conseguiram CHEGAR, mesmo que não tenham conseguido entrar. Certa vez, levei 4 HORAS pra ir de um aeroporto a outro. E olha q o percurso, de madrugada, é feito em MEROS 25 minutos.

artcasez disse...

Já faz um tempo que resolvi ser feliz. Tráfego é algo que me tira do sério. O problema não é apenas o engarrafamento e as ruas paradas. Mas tem ainda todos os motoristas loucos que se jogam na nossa frente e que nos infernizam com buzinas. Por isso só saio fora dos horários de pico, nunca marco nada com ninguém em horário comercial e quando vou viajar, opto pela madrugada, pois sei que chego no aeroporto e ainda é mais barato...

Arthur
http://artcasez.wordpress.com/

Alexandre Lucas disse...

São Paulo é feita de açúcar, hehehe ;)

Serginho Tavares disse...

recife não pode ver chuva
ja basta os rios que cortam a cidade, os maguezais, dai vem a chuva e a cidade ploft!

beijos

Marco disse...

Estive no Salão do Automóvel quando estive aí no fds passado e também demorei horrores pra conseguir chegar ao Anhembi.

Só um lembrete: o Salão é bienal. Agora, só em 2010! Uma pena.

Abs.

Klero disse...

lembro que qdo trabalhava na paulista eu via a primeira gota cair e todos os carros brecavam

adorei a definição da cidade!

Willians disse...

Sou testemunha! Agora, a bagunça do percurso valeu muito, só que desde então fiquei com trauma de vidros abertos, se eu abro o vidro do carro ouço gritos do além, os amigos agora terão que se juntar e pagar minhas seções de psicanálise.
Apenas uma correção pra que ninguém deixe de conhecer se tiver vontade, o nome do bar é Vila Vintém, na Dr. Cesar, em Santana, ao lado do Papagaio Vintém.

Beijos e abraços,

Willians.
willitol@hotmail.com

Anônimo disse...

São Paulo numa sexta feira já é um caos sem chuva, com ela então piora
Agora um evento como o Salão do Automovel em São Paulo durar uma semana e horário restrito a entrada até 21:00 hs é ridiculo .
um evento como esse tinha que durar um pouco mais e na questão de horario ficarem até mais tarde .
Aos meus amigos " na Próxima nós vamos ok
Hudson
Osasco - SP

Gui Sillva disse...

adoroooo as milhares de opções de sampa.
saudades da cidade!