Pesquisar este blog

terça-feira, 2 de dezembro de 2008

Casarão Brasil – Associação GLS

Ontem fui ao coquetel de apresentação do Casarão Brasil – Associação GLS. O Casarão será um espaço de convivência para a comunidade como um todo: gays, héteros, bissexuais e transgêneros, enfim, todas as cores do arco-íris terão representatividade na ONG do Casarão, a mesma foi instituída com o objetivo maior de defender a diversidade de gênero.

O espaço foi idealizado pelo empresário Douglas Drummond. Nos mais de 500m² encontraremos bistrô, cyber café, consultório médico e psicológico, sala de exames para DSTs, lojas, uma simpática barbearia no piso superior, enfim, será mais do que uma ONG, será uma casa para toda a comunidade, na rua mais gay de São Paulo, na Rua Frei Caneca, 1057.

Na noite, encontramos algumas pessoas que fazem acontecer na comunidade gay como: Douglas Drummond (idealizador do projeto), Cássio Rodrigo (coordenador do Cads), Dimitri Salles (advogado da Secretária de Justiça), Soninha (vereadora), Salete Campari (a Drag mais militante do Brasil), André Pomba (DJ residente da Loca), Fabrício Viana (escritor), Zen Salles (dramaturgo), Marcos Fernandes (militante gay e político), Ricardo Aguieiras (escritor e militante), Eduardo Cardoso (Assessor de Comunicação da Cads), Westerley Dornellas (maquiador premiado internacionalmente), enfim, à noite foi prestigiada com muitos nomes badalados, entre eles, alguns artistas globais.

Nos fundos do casarão foi montado um pequeno palco, e nele se apresentou uma banda super simpática. A noite também foi abrilhantada por algumas personagens teatrais maquiados pelo Westerley Dornellas. Na entrada foram distribuídas bexigas vermelhas no formato de laço, uma homenagem ao Dia Mundial da Luta contra a AIDS. Quero deixar os meus parabéns para o Douglas Drummond e todos os nomes envolvidos nesse projeto ambicioso. Sabemos que ser militante num país com tantas raízes religiosas e machistas, não é fácil. Quando levantamos essa questão, vemos que a divida que temos com militantes corajosos como o Douglas Drummond, é incalculável.

Concurso Cultural – A Guerra de Clara

Quer ganhar de presente o livro “A Guerra de Clara” de Clara Kramer? O Blog Passageiro do Mundo em parceria com a Editora Ediouro lhe dá esse presente. Para isso, basta responder a pergunta abaixo nos comentários do post “A Guerra de Clara”. A melhor resposta receberá um exemplar do livro em qualquer lugar do Brasil.

Você arriscaria a sua vida para salvar a vida de um refugiado de guerra?

As respostas serão aceitas até a meia-noite do dia 5 de dezembro. A melhor resposta será divulgada no dia 8 de dezembro, abaixo da resposta é necessário deixar um endereço de email para contato.

6 comentários:

VIADAGEM E A TRANSGRESSÃO POÉTICA disse...

Tô amando muito o Douglas Drummond! Tudo o que eu lutei durante anos com a militância, tipo albergue para gays e população vulnerável, propostas ligadas à Arte e mais um monte, ele esta fazendo. E faz sem se meter com a militância partidarista.
Adorei ontem, adorei você e seu jeito de conquistar as pessoas, adorei o Hot Dog, adorei as bebidas, adorei um monte de gente que lá vi... adorei os meninos lindos...rsrs
você é uma grande surpresa e um grande presente que a vida me deu.
Beijos,
Ricardo
aguieiras2002@yahoo.com.br

Gui Sillva disse...

achei uma bela iniciativa.

Diógenes de Souza disse...

Todo o mérito a tal iniciativa é pouco. A militância é uma carga que poucos aguentam carregar. Sucesso ao Douglas Drummond!

Serginho Tavares disse...

que fabuloso esse casarão!
em breve respondo a pergunta do concurso
beijooooooooooooooooooooo

Fabricio Viana disse...

Opaaaaaaaaaaaa... que isso.... mas se você me der o telefone do boy que tem lá em cima, no título do seu blog, te mando o restante das fotos!!! kkkkkkkkkkk.... zuando... foi um prazer conhecê-lo... me pareceu gente ser gente boa... beijão! :-)

VIADAGEM E A TRANSGRESSÃO POÉTICA disse...

Ummmmmmmmm, o Fabrício por aqui, hem.... risos... nada como um dia depois do outro, né.... Você briga muito com as pessoas, Passageiro1 Onde já se viu?
kkkkkkkkk
Querido, brincadeiras à parte, que bom tudo isso, não é?
Mas, por que mudaste o layout?
Beijo,
Divah Limith Trophe