Pesquisar este blog

sexta-feira, 5 de dezembro de 2008

Gente Estranha no Mc Donalds

Ontem fui ao Mc Donalds com o Douglas, constatei o que o Airbone mencionou em seu blog, é uma grande verdade: As pessoas que freqüentam o Mc Donalds, são estranhas. Estávamos em nossa mesa, e na mesa ao lado, estava um casal se beijando. Depois de alguns malhos, o casal começa a conversar. O menino era uma menina, saiam flores dos seus lábios, e quando ele se levantou para ir ao banheiro, constatamos com o nosso Gaydar que aquele mano, no fundo era uma mona, uma visível mona.

Não precisa de Gaydar para perceber que o tal menino é gay, mas ficou a questão no ar uma questão: As mulheres não conseguem ver os trejeitos dos seus namorados e ficantes? Acho que não. Quando eu tinha 12 anos, uma menina vivia correndo atrás de mim, na época, confesso: Eu era bem afeminado, e ela, era cega, uma perturbada que tirou a paz de um gay de 12 anos que queria ser o mais discreto possível, só queria paz, e acabei tendo a escola inteira torcendo pelo o meu romance com a dita cuja. Beijei a mocreia, não agüentava mais o coro “Marcos viadinho”. Foi o meu primeiro beijo.

Ainda no Mc Donalds, o Douglas me contou uma história que me matei de rir: Quando entrou uma nova gerente na empresa que ele trabalha, a vice-presidente a convidou para almoçar, elas foram num restaurante bem bacana. Quando os pratos chegaram, a vice-presidente pediu para o garçom cortar a carne para ela, colocou o prato de lado e continuou conversando com o pessoal que estava presente. Quando o garçom terminou, a nova gerente olhou para ele e pediu para que ele cortasse a carne dela também, ela pensou que aquilo era algum protocolo, algo chique, mas o que ela não percebeu é que a vice-presidente é deficiente, e usa uma prótese. Como ela tem muita grana, a prótese é canadense, quase perfeita, e se não fosse por conta da inércia da mão, ela teria um braço perfeito. Nem preciso contar que a história se espalhou para a empresa inteira, e a nova gerente é motivo de piada até hoje.

Creio que assim como enquadramos o casal como estranhos pelo fato do menino ser visivelmente gay e a menina não perceber, o Douglas e eu também fomos enquadrados por conta das altas risadas que soltamos quando ele estava me contando o caso acima. Na mesma mesa que estavam o primeiro casal, sentou outro casal, eles começaram a rir da nossa risada, mas eles também eram estranhos, pois, estavam ensaiando um texto no Mc Donalds. Acho que eles aproveitam que a parte superior do restaurante é pouco movimentada e vão lá ensaiar, só que ontem foi atípico. É por esses e outros casos que já vi no Mc Donalds, que tenho que concordar com o Airbone: O público do Mc Donalds é estranho, muito estranho. Tenho medo, pois faço parte desse público.

Concurso Cultural – A Guerra de Clara

Quer ganhar de presente o livro “A Guerra de Clara” de Clara Kramer? O Blog Passageiro do Mundo em parceria com a Editora Ediouro lhe dá esse presente. Para isso, basta responder a pergunta abaixo nos comentários do post “A Guerra de Clara”. A melhor resposta receberá um exemplar do livro em qualquer lugar do Brasil.

Você arriscaria a sua vida para salvar a vida de um refugiado de guerra?

As respostas serão aceitas até a meia-noite do dia 5 de dezembro. A melhor resposta será divulgada no dia 8 de dezembro, abaixo da resposta é necessário deixar um endereço de email para contato.

14 comentários:

Raí disse...

Olha Marcos, sobre esses manos que parecem monas..vou te falar viu?
Eu também me assusto com a quantidade de meninas que saem com carinhas que são descaradamente gays, isso para sem comentar os olhares que eles lançam sobre nós sem o menor constrangimento mesmo estando acompanhados. Não havia reparado isso no Mc Donald´s..mas pode ter certeza que esses casais "felizes" estão também pela Livraria Cultura, no Espaço Unibanco,HSBC Belas Artes, etc e etc....rsssss

Serginho Tavares disse...

de fato o público do Mc Donald's é doido. e não. não faço parte desse público.
hahahahaha
e acho que elas não percebem não. tem coisas tão obvias que... enfim, deixa pra lá né?

beijos e mais tarde volto com a resposta!

J. M. disse...

Vlw pelo post. Só agora as unidades do meu cartão estão sendo consumidas. E estou percebendo que eu sou um pé no saco. Jesus, isso precisa mudar. Urgente! Vlw pelo toque, e pelo auxílio pós-psicológo. Ah, sabe quem foi o amigo-psi? Will....rsrsrs
Abração.

tommie carioca disse...

Vai ver as meninas não ligam que o cara seja afeminado. Pelo menos o choque vai ser menor se por acaso ele um dia se revelar gay, mais complicado é pra aquela que casa com ogro uga buga e um dia descobre que ele gosta de homem. E estranho mesmo é a "comida" do macdonalds. Vc não sabe se tá comendo o sanduiche ou a emabalagem, gosto artificial e zero saúde.

Willians disse...

Sou suspeito pra comentar sobre o assunto, tenho telhado de vidro! Agora gente estranha tem em todo lugar, eles se espalham feito gremilins alimentados após a meia-noite... dizem que eu também sou estranho, eu também acho alguns estranhos. Não é estranho vermos o "diferente" como estranho?

Beijos,

Will.

Leo Carioca disse...

Bom, tem mulheres que não percebem mesmo que o cara é gay.
Ou, de repente, não querem perceber, né?
Aliás, nesse caso, a maioria das mulheres seguem por esse caminho: elas entendem basicamente o que elas querem entender, e não o que se passa de verdade.
Acho que é pelo fato de que, como a gente sabe, por motivos culturais as mulheres são criadas e ensinadas a ser mais sentimentais. E pessoas sentimentais têm mais essa tendência de só entender o que querem entender.
Também já aconteceu, quando eu era criança e pós-adolescente, de garotas ficarem atrás de mim. Mas depois passou.

AIRBORNE disse...

mininu, eu passei pela mesma situação ke vc na escola... namorei uma amiga minha ke era a mais popular... não adiantou, continuaram me chamando de viadinho...

mas enfim... McDonald's sempre é uma boa pedida pra ver a diversidade humana hahahahha

beijão!

VIADAGEM E A TRANSGRESSÃO POÉTICA disse...

Acho que o microcosmo do McDonalds é um mero exemplo do que acontece fora, no mundo.
O grave problema está no enrustimento e na ausência de transparência nas relações. Gozado como as pessoas aprendem a serem falsas e serem apenas uma imagem desde cedo, no caso do seu exemplo, desde a adolescência. E ai daquele que for mais autêntico e humano... esse terá um longo caminho de sofrimento pela frente.
Algumas mulheres machistas colaboram com o enrustimento: investem em viados e se sentem poderosas se levarem um gay para a cama, maiores que Deus, acreditam que conseguiram transformar o coitado. Outras, são carentes e vítimas também desse machismo, procuram homens mais frágeis, delicados e "afeminados" por que não suportam mais o abuso que há no mundo masculino e patriarcal.
Portanto, é uma questão complicada.
Mas só para refletir: será que as pessoas que frequentam o Vermont, por exemplo, ou a The Week ou qualquer outro lugar não poderiam , também serem consideradas "estranhas" dependendo do olhar de quem vê?
Beijos,
Ricardo
aguieiras2002@yahoo.com.br

Christi Xavier disse...

Bom dia Marcos, amei a nova foto do layout, ficou muito legal, ta muito bacana, meu voto do dia já foi pra ti, vc me fez rir em plena manhã em jejum, lendo esse seu comentário hilário das pessoas que frequentam o mac, e se incluíndo, e eu me incluo tb, pq temos coisas bizarras ás vezes pra falar até de nós mesmo né. rs

vou tentar, entrar nessa promoção do livro, vou ver com mais calminha, parece um bom livro, a capa pelo menos mega, me chamou a atenção.

Obrigada pelas visitas, pelo carinho, fique sempre á vontade.

Grande beijo querido.
Chris

O Menino que Voa disse...

vc e o Air estao com a McCaca!!! (ahhuauha).. eu tenho um Mc aqui perto de casa e nunca vi coisas assim... se bem q eu veo coisas PIORES nas ruas todo o tempo....

Rodrigo disse...

Eu nao frequento o mcdonalds, nao posso responder.
sobre a pergunta da promoção: eu nao sei se arriscaria a vida para salvar um refugiado de guerra, é difícil saber como agiriamos nestas situaçoes. Agora eu poderia te responder que não, mas geralmente quando passamos por situações extremas como as de guerra, os nossos sentimentos mais escondidos vem à tona, até a coragem que a gente acha que não tem.

Minha vida em fotos e fatos! disse...

Não vejo nada estranho que isto aconteça entre uma adolescente que não veja a real situação do menino...,porque ainda entre os adultos acontece a mesma coisa ...,muitas mulheres andam desesperadas aí olham pro homem bonitão que por trás bela biba e a biba enrustida aceita numa boa..faz parte do showw!! é triste mas faz parte!! Li hj uma reportagem de um jogador italiano que faz "programa" com jogadores da elite...diz o cara que gostam dle porque é discreto e tal...!! mas enfimm..é por aí?? esperar o que mais?? ninguém se assume e queando se assume outros não querem enxergar!!!!!!!!!!!!!

Alberto Pereira Jr. disse...

kkk bom eu já vi muita coisa estranha no mc.. mas por conta das pessoas que trabalham lá.. vc já reparou?

qto ao cara ser afeminado, de repente ele não é gay mesmo.. acontece sabe? mas tb pode ser um gay enrustido.. que ele se aceite e se descubra

# £uKkYnH@S _ disse...

AI!!!
eu tenhu certeza Q eu so um desses sstranhu freguenthadores do Mc!
vo lá typo 4 vezes por semenah no minimo, então não tem komo eu não M senyr komo se tyve-se em kasa!
Já teve vez Q xegay a fika 4 horas no Mc, pois komi meu anxe e komo se tyve-se na sala da minha kasa fikei de papo e papo!
#ASS:)£uKkYnH@$;)