Pesquisar este blog

Carregando...

terça-feira, 28 de abril de 2009

Amigo Especial

Sábado passado, 25 de abril, fui na festa de aniversário do meu amigo André. Conheci o André há seis anos, dias antes de eu conhecer meu “petit ami”. Freqüentávamos a Igreja Acalanto. No dia que eu fui à igreja pela primeira vez, fui recepcionado por ele e nos tornamos amigos. Hoje em dia, mesmo não freqüentando mais a igreja, mantemos contato.

O André é o grande responsável por hoje eu estar com o Douglas. Certa vez disse a ele: Estou interessado naquele rapaz que começou a freqüentar a igreja. Isso foi num domingo, na segunda-feira marcamos um encontro com Shopping Metrô Tatuapé para maquinarmos como eu iria flechar o coração do moço. A Mara (amiga nossa), também estava presente na reunião “cupido-estratégico”, ela ficou responsável pela sondagem do Douglas e eu e o André ficamos na parte de inteligência-estratégica para a conquista.

Naquela semana, nos três conversamos muito por telefone e ambos conversavam com o Douglas, mas em nenhum momento os dois revelaram que mantinham contato comigo e que eu estava interessado nele, até que o André perguntou para o Douglas: Tem alguém na igreja que você está interessado? Ele respondeu: Bom, não estou indo na igreja para isso, mas aconteceu, estou interessado no Marcos... Quando o André me repassou a resposta, o meu coração disparou, minhas pernas adormeceram e a paixão emplacou. Eu havia completado 22 anos, mas ainda me sentia como um adolescente em meio às paixões.

Na mesma semana o André ligou para o Douglas e o convidou para irmos ao teatro. Nos encontramo na estação brigadeiro do metrô e fomos ao teatro Ruth Escobar, assistir uma peça que não vem ao caso. No teatro, antes de começar a peça eu perguntei para o André: E ai André, o que você acha? Ele sorriu para mim e disse: Tá no papo. Depois do teatro fomos para o Franz Café da Haddock Lobo, lá conduzimos uma conversa de amigos, sem nenhuma abertura para tudo o que haviamos conversado durante a semana. Ficou tarde e tivemos que irmos embora. Fui com o Douglas ao metrô e lá ele perguntou: A Mara não comentou nada com você? Eu fiz a cara mais cínica que vocês possam imaginar e fui enfático ao dizer: Não, o que ela deveria me dizer? (Ai, sei que fui péssimo ao fazer isso, mas é passado) E ele respondeu: É que eu estou interessado em você. Foi um momento lindo e daria um dente da frente para revivê-lo novamente. Eu respondi: Eu também estou interessado em você. Deixamos dois metrôs passarem para curtimos a magia na qual estávamos envolvidos.

Depois desse episodio, do empenho do André para me unir ao Douglas, vi que ele é um cara especial e hoje sou extremamente grato em tê-lo como amigo. Não nós vemos com muita freqüência, mas de tempos em tempos marcarmos para atualizarmos o papo, no mesmo Franz Café que foi palco do inicio do meu namoro. Estou feliz pelo sucesso do André e desejo a ele toda a felicidade do mundo e um feliz aniversário.

Concurso Cultural – Vida Modelo

Quer ganhar de presente o livro “Vida Modelo” de John Casablancas? O Blog Passageiro do Mundo em parceria com a editora Agir lhe dá esse presente. Para isso, basta responder a pergunta abaixo nos comentários do post “Vida Modelo”. A melhor resposta recebera um exemplar do livro em qualquer lugar do Brasil.

Para você, qual o maior segredo para ser uma top model?

As respostas serão aceitas até a meia-noite do dia 29 de abril. A melhor resposta será divulgada no dia 01 de maio, abaixo da resposta é necessário deixar um endereço de email para contato.

3 comentários:

douglasfert disse...

Uma dúvida! Onde é esta Igreja? rsrs.


Brincadeira.... Mas falando sério. Bacaninha sua história de enlace amoroso. É INCRÍVEL quando um espírito adolescente insiste em nos tocar, junto com as milhões de borboletas que ficam soltas em nossa barriga ", rs

Diego Alves disse...

Muito fofa a história de vcs. =)
boa sorte e felicidades.

Felicidades pro André tb.
beijão

Diego Silva disse...

Digno de um roteiro de cinema...adorei sua história e inusitada por começar numa igreja...geralmente pra isso penso logo em ir numa boate ou sala de bate-papo...mas tenho muitos indícios q naum é o caminho certo.

Parabéns pelo romance e torço q continuem.

Abraços!