Pesquisar este blog

Carregando...

quinta-feira, 9 de abril de 2009

Skol Sensation

Devido a uma séria de problemas envolvendo correrias com faculdade, empresa e problemas do Speedy, não pude atualizar o meu blog nessa semana. Senti muita falta desse meu espaço, adoro o blog e quando tenho o feedback que ele é bem quisto pelas pessoas que me rodeiam, fica mais prazeroso blogar.

Durante o final de semana, o Douglas fez várias observações do tipo: “coloque isso no seu blog”, “escreva sobre isso”, “você irá botar isso no seu blog?”. Fico feliz com a valorização por parte dele com o que eu escrevo. O motivo de todas essas observações se deve ao final de semana maravilhoso que tivemos, nos curtimos bastante.

No sábado fomos ao Skol Sensation, compramos ingressos para o Camarote Diamond, esse ingresso nos deu direito a um jantar no Budda Bar na Vila Daslu antes do evento e traslado da Daslu ao evento e do evento a Daslu de limusine. Como sabíamos que iríamos nos esbaldar na noite, nos hospedamos no Blue Tree da Faria Lima que fica a menos de 1 km da Daslu. No hotel aproveitamos o dia na piscina, sauna e academia... Dormimos no finalzinho da tarde e no comecinho da noite começamos a nos arrumar.

Chegamos à Daslu meia hora antes do início do nosso horário para jantar. Havia outro grupo jantando, mesmo assim, fomos convidados a entrar antes do horário. O Budda Bar é magnífico, na entrada nos deparamos duas poltronas de veludo com encosto estendido para os pés e logo a frente um pequeno saguão com objetos decorativos de muito bom gosto. Subimos dois lances de escadas, fomos recepcionados por moças de branco. Era um Casual Dinner, a maioria das pessoas estavam em pé. As mesas, cadeiras e poltronas não seguiam uma linearidade e isso que dava um charme especial ao ambiente. No restaurante haviam várias imagens do Buda, no fundo do salão havia uma imagem gigante, de um 7 metros de altura e de ambos os lados da imagem, haviam seguranças, creio que era para impedir que as pessoas subissem em cima do Buda para tirar fotos, o que eu acho pouco provável, pois o ambiente não permitia tamanha ousadia.

O jantar caiu como uma pedra no meu estomago, tenho a impressão que eles colocaram salito naquela comida. Tanto eu quanto o Douglas nos sentimos muito saciados após a segunda porção pequena de massa. Aproveitamos o resto do jantar bebendo Vodka com energético. Quando deu o horário de saída da nossa limusine, nos dirigimos à saída e fomos informados que deveríamos esperar mais um pouco, voltamos para o bar e continuamos a beber, beber e beber, passaram-se duas horas da hora prevista da saída e ainda nos informavam que deveríamos permanecer no bar, eu disse que iria sair, que não agüentava mais ficar naquele lugar. Na porta da Daslu notei que algumas pessoas com pulseiras vermelhas (que era a mesma que a minha) estavam na fila da limusine, não hesitei em ir perguntar para a organização qual era o grupo que estava saindo e ela informou que era o vermelho, xinguei aquelas #%$#$ vestidas de branco que nos barraram na porta de tudo que é nome e entrei na fila. Instantes depois, um carrinho para levarem os grupos até as limusines encostou ao lado da fila, o pessoal da fila invadiu o carrinho sem que a organização liberasse, desrespeitando o povo que estava no começo da fila. Achei um absurdo, pois era o horário do meu grupo, fui reclamar, e quando estava reclamando outro carrinho chegou, o Douglas que também achou tal ato um absurdo, entrou no carrinho e me chamou, eu entrei e fomos para levados para a rua, de onde saiam os carros para o evento.

Na organização da fila o Douglas e eu ficamos na frente e uma limusine já estava encostada. Quando o motorista desceu do carro o pessoal que estavam atrás nós correram, eu também corri e falei que nos estávamos na frente e que iríamos naquele carro, foi um barraco generalizado. Duas meninas invadiram o carro, o Douglas também entrou e ficou me chamando para entrar, nisso um cara também queria entrar, pois uma das meninas que invadiu o carro era namorada dele. Ela ficava chamando ele e o Douglas me chamando e o motorista do carro e um segurança nos impedindo de entrar, dizendo que o carro era para quatro e não cinco pessoas. Vencidos pelo cansaço, o segurança e o motorista deixaram o rapaz e eu entrarem no carro, os organizadores ficaram nervosos e nos liberaram. Fomos os cinco num carro para quatro pessoas, mas fomos muito bem alocados, o carro tinha dois bancos grandes, um de frente para o outro e no meio um bar. Não queria mais ficar naquele jantar, o evento já havia começado e não queria perder as atuações no palco.

Chegamos ao evento e fomos recepcionados rapidamente, pois devido ao atraso dos carros, a recepção estava sossegada. Entramos no camarote pedindo uma Vodka com energético e fui assim a noite inteira, creio que tomamos umas 15 durante durante o evento, fora o que ja haviamos bebido. Eu esperava mais do evento, houve alguns shows de luzes, uma festa de fogos e algumas danças e acrobáticas no palco. Não sei ao certo tudo o que houve, eu estava muito bêbado para me recordar, mas mesmo assim esperava mais.

No meio da noite veio uma menina dançar perto da gente, fizemos amizade como todos os bêbados fazem e ela saiu, minutos depois ela voltou, me chamou de canto e disse que estava com muita de fazer xixi e pediu para deixá-la fazer numa divisória de ferro que foi coberta com um pano branco entre a pista e os camarotes, eu apenas dei risada, e fiquei dançando na frente dela, depois abaixei e notei que enquanto ela dançava a urina escorria por suas pernas, ou seja, ela tava muito louca.

A festa acabou por volta das 6 horas da manhã. O Douglas ficou triste com o termino, bebemos muito, dançamos e beijamos horrores. Achei tudo de bom beijar numa festa da Skol, praticamente um reduto hétero, o Douglas não se lembra de nada. Na volta perguntei se a limusine passaria pela Faria Lima, o motorista disse que sim, pedi para nos deixarmos no hotel. Meu namorado estava tão bêbado que pediu para eu ajudá-lo a tirar a roupa, tirei e o joguei na cama, depois percebi que ele não estava muito bem, e mesmo com a sua reprovação, eu o joguei no banheiro para ajudar a curar a ressaca... Dormimos muito, levantamos para tomar café e voltamos a dormir e acordamos em cima da hora para fazer o check out. Do hotel fomos para o Teatro das Artes, fomos convidados pela produção do evento para assistirmos o musical Beatles Num Céu de Diamantes, mas essa será uma história para outro post, pois esse já está longo demais.

5 comentários:

Fabiano (LicoSp) disse...

e quem disse q rico eh td educadinho neh?!? Eh só beber d+ q fica pior que o povão...rs

Pelo jeito foi bem proveitoso para vcs. Mas é a segunda critica que ouço do Skol... comeco a achar q fiz bem em nao ter ido.

abs do Lico.

Alexandre Lucas disse...

Prefiro abafar... Boa Páscoa.

FOXX disse...

eu tb queeeeeeeeeeeero

=(

VejaBlog - Seleção dos Melhores Blogs/Sites do Brasil! - disse...

VejaBlog
Seleção dos Melhores Blogs/Sites do Brasil!
http://www.vejablog.com.br

Parabéns pelo seu Blog!!!

Você faz parte da maior e melhor
seleção de Blogs/Sites do País!!!
- Só Sites e Blogs Premiados -
Selecionado pela nossa equipe, você está entre
os melhores e mais prestigiados Blogs/Sites do Brasil!

O seu link encontra-se no item: Blog

http://www.vejablog.com.br/blog

- Os links encontram-se rigorosamente
em ordem alfabética -

Um forte abraço,
Dário Dutra

http://www.vejablog.com.br
....................................................................

Clebs disse...

Que barraco!! Eu li que a entrada no evento foi uma bagunça, mas não imaginava que o povo que pagou beeeem mais caro tb iria sofrer...

Vodka Rules!