Pesquisar este blog

Carregando...

terça-feira, 12 de maio de 2009

O Armário – Vida e Pensamento do Desejo Proibido

Com a sua primeira edição lançada em 2006 e atualmente na segunda edição, o livro “O Armário – Vida e Pensando do Desejo Proibido” é o que os adolescentes têm de melhor para se apoiarem e assumirem a homossexualidade para familiares, amigos e sociedade.

Na primeira parte do livro - em tom confessional – Fabrício Viana conta suas experiências pessoais, divide suas dúvidas, medos e anseios com o leitor. A vida de Fabrício não é diferente da vida dos demais gays. Assim como todos que tomaram a decisão de sairem do armário e viverem uma vida mais leve, Fabrício também sofreu represálias da família e amigos, porém ressalta que os amigos que ficaram ao seu lado, eram amigos de verdade.

O livro também tem um importante conteúdo histórico, relatando os primórdios da sociedade, e como a homossexualidade era vista em diversos momentos da humanidade. Ressalta momentos históricos, como a inclusão do “homossexualismo” na Classificação Internacional de Doenças, dando total liberdade para as camadas conservadores da sociedade classificarem o gay como pervertido sexual, com respaldo cientifico. A reparação do erro científico veio depois de 116 anos de condenação à homossexualidade.

O autor também aborda as dificuldades de sair do armário numa sociedade machista e que cobra cada vez mais de seus filhos os posicionamentos sexuais de uma sociedade heteronormativa. Sabemos que a raiz da homofobia vem do machismo, no livro, o autor relata como formam se o machismo e a homofobia na sociedade, tendo como base a psicologia.

O Armário é um excelente livro para todos aqueles que com pouca ou nenhuma informação está descobrindo-se homossexual. Não é apenas uma obra de relata as dificuldades de ser gay num país com tantas raízes de preconceitos, é um livro que mostra o exemplo de vida e pensamento do desejo proibido do próprio autor.

Dados Técnicos:


Nome do Livro: O Armário – Vida e Pensamento do Desejo Proibido
Autor: Fabrício Viana
Número de páginas: 144
Formato: 14 x 21 cm
ISBN: 9788590758709
Preço: R$ 30,00
Editora: Independente

Concurso Cultural – O Armário

Quer ganhar de presente o livro “O Armário” de Fabrício Viana? O Blog Passageiro do Mundo em parceria com o escritor lhe dá esse presente. Para isso, basta responder a pergunta abaixo nos comentários do post “O Armário”. A melhor resposta recebera um exemplar do livro em qualquer lugar do Brasil.

Para você, qual a importância de sair do armário?

As respostas serão aceitas até a meia-noite do dia 19 de maio. A melhor resposta será divulgada no dia 21 de maio, abaixo da resposta é necessário deixar um endereço de email para contato.

16 comentários:

t.e.a.g.o. disse...

ja ouvir falar desse livro..
e muito legal.
pena que ainda não comprei...

Diego Silva disse...

Parece interessante a temática deste livro. Só li um livro neste gênero..."O Terceiro Travesseiro".
Depois de revistas e blogs...tomara q o editorial gay tbm invada as livrarias e bibliotecas.

Abraços!

Café Expresso. disse...

Já assistiu o filme Milk - a voz da igualdade?

È perfeito, vale a pena.

Divulgando um novo blog: http://blogcafeexpresso.blogspot.com/

Passa lá

Diley Rodrigues disse...

Acredito que a importância de sair do armário é a mesma do passarinho que sai da gaiola; Deve ser o sonho de muita gente possuir a liberdade do mundo fora daquele lugar, mas será que estamos preparados para a tão sonhada liberdade? Ficar preso no armário era ruim, ser oprimido é ruim, mas ser livre é bom?

fica a minha resposta, espero que valha para a premiação.
fmrodrigues@gmail.com

t.e.a.g.o. disse...

resposta da pergun ta....

simples. e importante para conhecer você mesmo...pois se vc se esconde no armario, vai estar escondendo você e vivendo um personagem que a sociedade quer e quando olhar no espelho e nunca vai se reconhecer. Sempre vai se ver numa mascara que você mesmo colocou.
Então sair do armario e um ato de ser verdadeiro, corajoso e sincero...

meu e-mail thiagoafernandes@yahoo.com.br

FOXX disse...

eu nunca ganho esses concursos

Diley Rodrigues disse...

acho que o meu comentário não foi aceito, rs

Fabrício Viana disse...

Bacana. Adorei. Botei no meu blog la no Mix e, para quem tem interesse na compra do livro, ele só é vendido pela Internet neste link www.oarmario.com. É isso ae. Abração Marcos e super obrigado meu querido! :-)

Voyeur disse...

Primeiro que armário é pra guardar roupa, e eu to muito longe de ser uma peça de roupa, mesmo que seja Gucci, Prada ou Armani; segundo que quando se passa uma vida inteira escondendo de todos sua verdadeira faceta, perde-se a vida inteira. A vida é curta demais pra se ficar perdendo tempo fingindo ser alguem que nao se é e ainda, ficar com medo do que as pessoas vao pensar de voce. Don't worry, be happy...

maurelioalves84@gmail.com

abraços

Marcos Freitas disse...

Diley,

Foi aceito sim, mas eu disponibilizarei as respostas só quando o concurso se encerrar, creio que é melhor assim. Mas não se preocupe, no dia 20 a sua resposta estará disponivel no blog.

Abraços

Samuca disse...

Sair do armário é não só deixar de negar-se ao geral, mas a si mesmo. Sair do armário é a primeira libertação de que precisamos para refutar todos os paradigmas que cercam a homossexualidade; a segunda virá quando não precisarmos mais de esconderijos ou camuflagens. Quando ser você mesmo, será o ideal de humanidade e felicidade.

diogenesaju@gmail.com

Diógenes de Souza disse...

Marcos, por favor, o comentário com a resposta, assinado por Samuca ou samucaaju, é meu. Estava logado com outro e-mail e só percebi quando confirmei a postagem da resposta. Mesmo tendo colocado meu e-mail abaixo. Desculpe! Obrigado!

Felipe Maia disse...

Uma peça de roupa quando guardada dentro de um armário não cumpre sua função social, a saber vestir, agasalhar, embelezar dentre outras. Essa analogia para o assumir-se gay frente a parentes, amigos, familiares, enfim à sociedade como um todo é eficaz porque faz cumprir sua função social. Esta nada mais é do que mostrar que o gay (homem ou mulher) pode se expor e na verdade quanto mais pessoas se expõem maior será a possibilidade da sociedade de ver que realmente há pessoas diversas na diversidade, porque gay não é só esteriótipo! Como as pessoas vão saber disso se não há a "saída do armário"? Há a necessidade do se mostrar para se conhecer. E conhecer é se libertar; se libertar dos grilhões do preconceito.

Marcos Felipe
Brasília-DF
felipehowards@gmail.com

Darlan Silva disse...

É, a questao é começar a enxergar o que existe de bom nas pessoas que daí tudo fica bonito. E a partir dai que respondo, a importancia de sair do armario é mostar o que se tem de bom, mostrar que indepedente de qual armario se sai (pq existem muitos armarios)tem-se algo de muito bom a acrescentar as pessoas, a vida, a sociedade que independe da 'roupa' que se veste. [darlanpereira@hotmail.com]

Pensadora disse...

"Todo ser humano tem a necessidade de ser aceito. Sair do armário é quando o ser humano tem a capacidade de se aceitar."

paulafls@gmail.com

Danilo disse...

A importância de sair do armário é a mesma de sair do útero. Como passar a vida toda num lugar tão pequeno, onde não conseguimos nos desenvolver completamente?