Pesquisar este blog

Carregando...

segunda-feira, 10 de agosto de 2009

Um Verdadeiro Arraso

Ontem, a convite do meu amigo Pedro Pitanga e do badalado cantor Léo Granieri, fui a última edição da Jungle Party, festa temática promovida Maurici Salles e Hugo Henrique Vaz. A festa aconteceu no Club Cally, localizando na Serra da Cantareira. Apesar de ter nascido em São Paulo, fui a primeira vez que fui a Serra da Cantareira, dizem que lá tem uns pontos turísticos lindos, várias cachoeiras e lagos para tomar banho e muitos clubes e sítios. Um verdadeuri oásis dentro da cidade de São Paulo, dia volto a serra, e, na ocasião, farei turismo ecológico.

A festa estava marcada para começar às 13 horas, marquei de sair de casa as 12:30 e com os contratempos, chegaríamos lá por volta das 14 horas, foi o que aconteceu. Me surpreendi quando percebi que fui o primeiro a chegar, fiquei morrendo de vergonha, mas imaginei que a festa já estaria bombando uma hora após a abertura. Pelo contrário, o serviço de vallet nem estava funcionando e o chefe da segurança estava dando as últimas orientações para os demais seguranças sobre as normas de procedimentos no evento.

Minutos depois, o Pedro Pitanga e o Léo Granieri saíram da casa, eles estavam passando o som, disse que iriam tomar um banho e já estariam voltando, fiquei pensando: Caralho! Madruguei na festa... Mas logo após eles saírem, a entrada foi liberada, peguei uma caipirinha e fiquei esperando a casa encher. Fiquei supresso com a quantidade de pessoas bonitas que frequentam essas festas, e garanto que eram bonitas de verdade, pois no inicio da festa eu não estava bêbado e os meus cinco sentidos ainda davam conta do meu corpo.

A festa começou a encher, eu peguei outra caipirinha e fui dançar... Momentos depois, um amigo sugeriu: Vamos tomar tequila? Eu olhei para ele e disse: Agora, to doido! E viramos uma, duas, três, quatro, cinco, seis tequilas durante a noite, não preciso nem comentar que sai do meu corpo, fiz uma viagem astral naquela balada e tive momentos agradabilíssimos que amigos, bebidas e boa música justificam por si só. Entre as doses de tequila, intercalamos outras caipirinhas e algumas Smirnoff Ace.

Saímos da casa por volta da meia noite, deixei o Pedro Pitanga e o Léo próximo da casa do Pedro e segui viagem para Arujá. Chegando a casa, do jeito que eu estava, me joguei na cama, resultado: Cheguei à empresa atrasado, mas to aqui, feliz da vida por conta do final de semana maravilhoso que eu tive. E semana que vem tem mais, só que dessa vez vamos uma pouco mais longe, não me refiro na quantidade de tequilas, mas quem sabe... Vamos mais longe, pois, a festa é em Ribeirão Preto, na Gladiators do Projeto Babylon, será uma festa temática, com decoração do império romano com nada mais, nada menos que o DJ Paulo Agulhari no comando do som e com um maravilhoso pocket show do cantor Léo Granieri, e desta vez, a festa é open bar a noite toda, ou seja, a viagem astral poderá ser ainda melhor.

4 comentários:

HSLO disse...

Aff..que festa luxo, viu amigo.


Abraços

Hugo

Serginho Tavares disse...

que bom que se divertiu moço
abs

FOXX disse...

6 tequilas?
eu não sou mais dono de mim!!!!

_LadY HawK_ disse...

Marquito, você bombou nessa festa heim amigo? já assinei e votei no site contra homofobia. só me irrita saber que ainda precisamos tomar esse tipo de atitude. Aff! é como eu digo "Qualquer tipo de preconceito é sinal - inequívoco - de burrice.
Beijos.