Pesquisar este blog

Carregando...

quinta-feira, 13 de agosto de 2009

Viva La Vida

Tenho a impressão que errei no compromisso sagrado de “amar e ser amado”, ou melhor, erramos, não posso assumir a culpa de um fracasso sozinho, nem muito menos despender toda essa culpa para a outra parte, o erro no relacionamento afetivo é sempre bilateral, não importa o rumo que as situações tomaram, independente do que aconteça e até mesmo em caso de traições, o erro é de ambos.

Rompi com um relacionamento de mais de seis anos e confesso: estou triste por conta disso. Nos últimos anos de minha vida, me dediquei muito nessa relação e se pudesse voltar atrás, faria tudo novamente. Vivemos momentos mágicos, como o nosso encontro numa igreja evangélica inclusiva, as viagens que fizemos juntos, os passeios aos finais de semana, os musicais que sempre fizemos questão de ir a todos, enfim, foram momentos bons e que hoje fazem parte da seleção das melhores memórias.

O sofrimento na ruptura é sempre muito doloroso, é natural ficarmos por um tempo sem chão, desconfortável. Todas as lembranças que tenho do meu passado próximo, o Douglas está ao meu lado e acabamos descobrindo, que na verdade éramos mais amigos do que namorados, e isso é muito importante num relacionamento, mas não é tudo. A amizade é fundamental para a harmonia de um relacionamento afetivo, e como o Douglas disse a pouco tempo atrás: “nos nós divertimos muito” e foi verdade, nesses seis anos tivemos muitos atritos, mas todos são invalidados diante de tantos momentos bons que compartilhamos e essa é a magia da vida.

Não acredito no fim e/ou morte do amor, acredito na não continuidade da manutenção do mesmo, pois amor sempre é amor, ele sempre fica guardando num cantinho escondido, um pouco adormecido e às vezes fervendo numa lembrança. Tenho muitos pontos em comum com o Douglas, principalmente no que se refere a gostos culturais e essa é a maior base da sustentação de uma amizade. Muitos amigos me perguntam se nos “terminamos para valer e se não tem volta”, sim, foi para valer, mas nada na vida é estático, podemos estar cometendo um erro... a vida não é imutável e muitos erros são passiveis de reparo.

O que fazer diante desse momento? Viva La Vida! Esta noche es una noche de celebracion...Celebracion de una vida, que és apenas una! Y tenemos que vivir cada momento de nuestras vidas como se fossem unicos... intensamente, con gran amor! Vamos celebrar nuestros momentos juntos... Y en la vida o que importa é ser feliz. Nada más... Viva la Vida!

10 comentários:

HSLO disse...

Nossa...que triste hein...terminar um relacionamento desses.

abraços

Hugo

Paulo Braccini disse...

perfeito querido ... decisão tomada e seguir ... viver a vida ... é assim mesmo ... certo ou errado não importa ... este foi o passo do momento ... mas a vida não é imutável ... o amanhã sempre será o amanhã e tudo terá o seu destino final, seja qual for.

maravilhosa sua ilustração musical ...

bjux

;-)

Marcus disse...

Marcos, será que se pode falar em erros? Será que alguém realmente errou em algo? Talvez, as coisas seguiram o rumo que deveriam, sei lá. Agora, sem culpas, siga em frente. Viva seu período de "luto" e seus sentimentos sem medos ou vergonhas, fique de alma renovada e olhe para frente, tem muito por vir. Força!

TeteCristina disse...

Linkei vc no meu blog.

#naodesita :)

Anônimo disse...

MARCOS ESSA MENSAGEM FOI POSTADA POR VC NUM TEXTO ESCRITO ANTERIORMENTE.TALVES NUM MOMENTO MELHOR QUE O HOJE. REFLITA E ACREDITE QUE O BOM DA VIDA É PODER INOVAR A CADA DIA."Nunca permita que a majestade que existe dentro de você morra, se por ventura você descobrir que os pilares do seu castelo estão sendo sustedos por sal e areia, respire fundo e aproveite a oportunidade de construir castelos mais imponentes, que vão muito além da sua imaginação".
ABRAÇOS

Tiago Toy disse...

O lado bom é que pelo que ficou no ar é que a amizade ainda continua. Olha meu caso. Nunca mantenho amizade com nenhum ex. O sarcasmo toma conta de todos meus comentários proferidos para e sobre o fulano.

Você parece ser forte e vai tirar essa de letra. E além do mais consegue preencher essa vaga no hearth fácil.

Abração!

Edite Melo disse...

Hola... é só para deixar um abraço...e näo te esqueças que cá te esperamos, ou melhor Europa espera por ti...Besitos e viva la vida...Edite

FOXX disse...

é triste
mas que venha um novo amor
vc merece

Luis Hipolito @ The Blogger disse...

Tudo bem Marcos?

Hoje, quando se completa 40 anos de Woodstock, o G1 fez uma ótima entrevista, relando que um gay salvou o festival. Um abraço e sucesso!!!

Link > http://g1.globo.com/Noticias/Musica/0,,MUL1266658-7085,00-ANOS+DEPOIS+WOODSTOCK+SAI+DO+ARMARIO+UM+GAY+SALVOU+O+FESTIVAL.html

tonyusa disse...

eu tenho um blog gay e queria linkar voce la posso?

http://elesnoselesfoda.blogpsot.com

passe por la e veja-o por favor