Pesquisar este blog

sábado, 28 de junho de 2008

Dia do Orgulho Gay Completa 40 Anos

O dia do orgulho gay completa hoje 40 anos, sabemos que no decorrer desses anos muita coisa mudou na questão de direitos homoafetivos, mas precisamos de mais, nessa semana evangélicos tentaram invadir o plenário protestando contra a PLC 122, no Brasil pouquíssimos casais gays conseguiram adotar crianças, casamento gay no Brasil se resume a um contrato, muito parecido com contratos de compra e venda ou prestação de serviços, e uma novela que mostrou esse primeiro registro de união estável de um casal gay, uma cena que deveria se tornar um marco para a conquista de espaço na mídia, foi enterrada com uma fala homofobico do juiz: “Em tanto tempo de trabalho eu nunca vi tanta frescura”, algumas pessoas disseram que o autor quis mostrar o preconceito em torno de uma união homoafetiva, concordo que há preconceito sim, mas em um casamento, com preconceito ou sem preconceito, teria um beijo, coisa que o preconceito da Rede Globo vetou.

A morte do Edson Neris, adestrador de cães que foi morto pelos Carecas do ABC na praça da republica ainda é muito recente, ainda hoje acontece crimes tão bárbaros quanto, isso nos sinaliza que ainda temos muito a trilhar na conquista de políticas inclusivas para os gays, o que me deixa triste é que não vejo muita alternativa no atual cenário político que envolve o Brasil na conquista gay, não temos representantes que abraçam a causa gay de corpo e alma, deveríamos ter senadores, deputados, vereadores e prefeitos gays, um país que enche o peito para dizer que tem a maior parada gay do Mundo, tem eleitorado para lutar por políticas gays, se os gays fossem unidos, nos teríamos senadores, deputados e vereadores gays, mas ainda patinamos nesse sentido, deveríamos ter mais sensibilidade, e aprendermos com os nossos erros.

O Dia Mundial do Orgulho Gay foi instituído no dia 28 de junho de 1969, em Nova Iorque, Estados Unidos, devido a um movimento contra a perseguição e violência policial praticadas contra os homossexuais freqüentadores do bar Stonewall. Durante uma semana, os gays mobilizaram o país em passeatas e concentrações até conseguir a garantia das autoridades de que não seriam mais espancados e nem passariam por situações de constrangimentos durante as batidas policiais aos bares GLS, nascia nesse momento o movimento que daria vida as Paradas Gays no Mundo inteiro, dia que hoje é recebido com alegria, o dia que o gay pode ser gay, porque ele está hospedado em hotéis de luxo, jantam em restaurantes caros, e vão às baladas, boates, enfim, aumentam violentamente o ISS das cidades, colocando a Parada do Orgulho Gay de São Paulo no calendário oficial da cidade, e se tornando o segundo maior evento da cidade, perdendo apenas para o Grande Premio de Formula 1, uma grande discrepância quando vemos que a mesma cidade vetou o projeto de lei que criminalizava a homofobia no município, o nosso ISS é muito bem vindo, mas os direitos nos são negados, é hora de acordarmos e pedirmos respeito e dignidade, basta de intolerância.

6 comentários:

Rhenan disse...

Nesses anos todos muito espaço foi conquistado por nós, mas você tem razão quando diz que precisamos de muito mais. Ainda temos muito pelo que lutar.

Grande abraço.

Rhenan
www.sexpride.blogspot.com

Amaral Dias disse...

...a caminhada é ainda longa.
Os espíritos críticos teimam em cortar a liberdade a todos aqueles que pensam diferente.
Ainda bem que o tempo da inquisição já acabou. De qualquer forma, penso que os gays tem um grande caminhada para fazer, ou seja mudar a emagem que muitas vezes passa para a opinião pública, muitas vezes de uma forma alegórica e sem sentido. Devía-mos ser mais práticos, e banirtodos aqueles que das paradas fazem a sua bandeira de espectáculos ridículos que nada favorece aqueles que querem viver uma vida normal e reconhecida.

Amaral

BinhoSampa disse...

Temos muito a percorrer ainda nessa jornada...infelizmente as conquistas são a passos lentos...

quem daquela turma, que participou na primeira parada gay, iria imaginar a proporção que chegou?

Uma das armas que temos para conseguir isso é através do voto, precisamos apenas aprender a votar em que joga do nosso time.

Abs:-)

kinho disse...

oi passageiro

mesmo eu nãos endo militante nem levantando nenhuma bandeira
eu parabenizo o movimento


beijos kinho

kinho disse...

oi markos

mesmo não sendo militante nem levantando nenhuma bandeira
eu parabenizo o movimento

beijos kinho

Ricardo disse...

Tudo muito bacana, mas ainda há um looongo caminho pela frente.
nem só em relação aos LGBT, mas também em vários outros aspectos que precisam mudar bastante ainda nesse mundo.

Vamos continuar gente. O mundo está cada vez melhor ;D