Pesquisar este blog

segunda-feira, 22 de setembro de 2008

Caminhada Pela Liberdade Religiosa

Ontem (21/09) aconteceu no Rio de Janeiro a “Caminhada em Defesa da Liberdade Religiosa”. O evento teve o intuito de ressaltar que o Rio de Janeiro é um estado de muitos credos, porém com uma só crença: o respeito ao direito sagrado de cada cidadão manifestar livremente sua fé, praticar seu culto e exercer plenamente sua religião. No entanto, este direito vem sendo seriamente ameaçado.

A intolerância religiosa vem crescendo em todo país. Já foram registrados diversos casos de ataques às religiões de matriz africana, como a umbanda e o candomblé. Seus sacerdotes vêm sendo agredidos, sua religiosidade difamada em veículos de comunicação. Estudantes têm sofrido constrangimento e recebido ensinamentos com imposição curricular de outro credo. E até episódios extremos de vandalismo, invasão e demolição de templos, terreiros e casas-de-santo tornaram-se rotineiros.

Essa seria uma ótima oportunidade para discutir mais sobre o PLC 122/06, pois é uma matéria que também trata sobre a intolerância religiosa. Nessas oportunidades é que vemos que os grupos religiosos estão interessados apenas em suas doutrinas. A homofobia também existe em religiões espíritas: o espiritismo diz que o homossexual é um individuo que precisa de evolução. Por mais aceitação que essas religiões afirmam empregar, sabemos que eles não são completamente livres de preconceitos quanto à orientação sexual.

O PLC 122/06, projeto de lei que os evangélicos chamam de "mordaça gay", protege tanto os gays, como os próprios religiosos, mas será se eles sabem disso? Tenho certeza que eles não sabem que essa lei protegerá com o mesmo teor os crimes de intolerância religiosa, que temos que assumir que são crimes cometidos com muita freqüência aqui no Brasil, como o que foi cometido recentemente por jovens evangélicos contra um centro espírita no Rio de Janeiro. Na ocasião, jovens evangélicos que acabavam de sair de uma reunião religiosa, se sentiram ofendidos com uma fila que se encontrava num centro espírita e começaram a agredir as pessoas na fila. Não contentes com isso, eles invadiram o interior do centro e destruíram o estabelecimento.


Abrangência do PLC 122/06

Serão punidos crimes de intolerância contra gays, mas também serão punidos com o mesmo rigor crimes de intolerância religiosa.

Serão punidos estabelecimentos que proibam a permanência de gays, mas também serão punidos com o mesmo vigor os estabelecimentos que cometerem o mesmo com os religiosos.

Serão punidos os processos seletivos que dificultarem o concurso para gays, mas também serão punidos com o mesmo vigor os processos seletivos que cometerem o mesmo com os religiosos.

Serão punidos os empregadores que demitirem direta ou indiretamente gays, mas também serão punidos com o mesmo vigor os empregadores que cometerem o mesmo com os religiosos.

Serão punidos hotéis, motéis, pensões ou qualquer outro estabelecimento similar que sobretaxar, impedir ou preterir a hospedagem de gays, mas também serão punidos com o mesmo vigor os estabelecimentos que cometerem o mesmo com os religiosos.

Serão punidas as instituições financeiras que sobretaxarem, impedirem ou preterirem locação ou compra de imóveis, mas serão punidos com o mesmo vigor as instituições financeiras que cometerem o mesmo com os religiosos.

Serão punidas empresas ou pessoas que impeçam a manifestação de afetividade de gays em locais públicos ou privados, mas serão punidos com o mesmo vigor empresas ou pessoas que cometerem o mesmo com os religiosos.

Serão punidas pessoas que praticarem, induzirem ou incitarem a discriminação ou preconceito contra gays, mas serão punidos com o mesmo vigor pessoas que cometerem o mesmo com os religiosos.

Serão punidas a proibição de livre expressão e manifestação de afetividade do cidadão gay, sendo estas expressões e manifestações permitidas aos demais cidadãos.

Movimentos como a “Caminhada em Defesa da Liberdade Religiosa” são de extrema importância para a afirmação do estado laico do Brasil, assim como os grupos religiosos, nos gays, temos que reagir, não podemos deixar que religiosos nos diminuam por conta da nossa orientação sexual, o PLC 122/06 tem que ter a aprovação imediata, tanto para punir crimes de homofobia, quanto os de intolerância religiosa.

Concurso Cultural - Madonna 50 Anos

Quer saber tudo sobre a vida da maior cantora pop de todos os tempos? O Blog Passageiro do Mundo em parceria com a Editora Nova Fronteira lhe da esse presente, basta responder a pergunta abaixo nos comentários do post “Madonna 50 Anos”, o autor da melhor resposta receberá o livro em qualquer lugar do Brasil.

Em sua opinião, qual fator levou a Madonna tornar-se o maior ídolo da música pop?

Serão aceitas respostas até a meia noite do dia 26 de setembro, a melhor resposta será divulgada no dia 30 de setembro, abaixo da resposta é necessário deixar um endereço de email para contato.

Para maiores informações sobre o livro, acesso o site Madonna 50 Anos.

9 comentários:

MaxReinert disse...

Ahhh... é por isso que eu sempre bato na tecla da "DIVERSIDADE"..... a aceitação da existência de diferenças, sejam elas em qualquer nível, facilitaria muito o mundo que vivemos...

Por que será tão difícil entender?

Marsal Dorneles disse...

Num pais onde o sincretismo religioso é tao evidente ainda existem essas atrocidades. O direito humano esta escondido atras das mascaras de uma sociedade hipocrita e nos altos do século XXI ainda machista. O povo precisa ir beber nas fontes do respeito à diferença!

Serginho Tavares disse...

vamos viver a liberdade de acreditar no que quisermos.
como sempre posts perfeitos

beijos amigo!

VIADAGEM E A TRANSGRESSÃO POÉTICA disse...

Marcos, perfeito!
E perfeito também o seu alerta. Temos que lutar contra todas as injustiças e pelo direito de decidir, inclusive termo ou não uma religião. Gostei muito do vídeo também, que mostra o que realmente ocorre.
Beijos,
Ricardo
agueiras2002@yahoo.com.br

VIADAGEM E A TRANSGRESSÃO POÉTICA disse...

MARCOS E TODOS, vejam isso:
"RIO DE JANEIRO

Em passeata, Crivella se diz vítima de intolerância religiosa

COLABORAÇÃO PARA A FOLHA, DO RIO

O candidato do PRB à Prefeitura do Rio, Marcelo Crivella, chegou de surpresa à Caminhada em Defesa da Liberdade Religiosa, que reuniu cerca de 10 mil pessoas, segundo a Polícia Militar, ontem, em Copacabana.
"Minha rejeição como político vem da intolerância de pessoas que não aceitam que eu seja evangélico", disse Crivella, ex-bispo da Igreja Universal do Reino de Deus.
Os candidatos Fernando Gabeira (PV) e Jandira Feghali (PC do B) também participaram da passeata. "É bom que ele [Crivella] tenha vindo, mas é importante que a religião que ele professa pare de demonizar as outras", afirmou Gabeira. "O gestor pode ter a sua religião, mas isso não pode ser a marca de sua gestão. O Estado é laico", observou Feghali.
Os participantes do ato ecumênico pediram o fim da discriminação e da violência, principalmente contra religiões de origem africana. O protesto foi idealizado depois da denúncia de que traficantes estariam proibindo terreiros em favelas e do ataque a um centro umbandista em junho. "(LUIZA BANDEIRA)

David disse...

É bom complicado, Marcos. Pq em resumo estas pessoas são apenas fantoches nas mãos de outros que os manipulam muitos vezes não por ideologia, mas por dinheiro mesmo. São engambeladose saem por aí tendo atitudes extremamente reprováveis... São pessoas que não compreendem qual é o verdadeiro significado de ser ter uma religião e espiritiualidade. Esses sim são os verdadeiros necessitados de evolução espiritual...

Ralmente, para mim um dos maiores defeitos que podem existir é a intolerancia em quaisquer níveis. Intolerância é ignorância.

Grande abraço!

PS: Saudades de passar por aqui...

;D

Camila disse...

Marcos acredito que um dia todos serão respeitados em nosso pais, não só os homossexuais e negros, mas todos aqueles que não são os padrões exigidos pela sociedades.
Preconceito existe e machuca muito. Infelizmente há pessoas que não querem aceitar os outros do jeito que eles são.
Beijos querido!
Boa semana pra ti.

Talles Borges e Borges Moreira disse...

Até quem fim, LEIS, na verdade o brasil é intoleravel, e por falar em religião os que mais atacam são os evangelicos, eles se acham os donos da verdade, na verdade eles se acham, haha sumiu do meu cantinho?

MARCUS disse...

POR MAIS QUE OS ESPÍRITAS KARDECISTAS POSSAM DIZER QUE OS HOMOSSEXUAIS SÃO "ESPÍRITOS QUE PRECISAM DE EVOLUÇÃO" (ASSIM COMO, NAS PALAVRAS DO GURU OSHO, OS GAYS SÃO "CRIANÇAS", MAS QUE MERECEM TODO O RESPEITO POIS ESTÃO EM EVOLUÇÃO E NÃO DEVEM SER CONDENADOS), NUNCA VI ESPÍRITAS SEGREGANDO OU AGREDINDO GAYS. JÁ OS EVANGÉLICOS... E ESSES MESMOS EVANGÉLICOS SÃO OS QUE CHUTAM SANTAS CATÓLICAS NA TV, INSULTAM UMBANDISTAS, ETC. SÃO O QUE ERA A IGREJA CATÓLICA NO PASSADO, INTOLERANTES, IGNORANTES, DOGMÁTICOS (HOJE A IGREJA CATÓLICA É MAIS HIPÓCRITA E NÃO PARTE PARA UM ATAQUE TÃO DIRETO, NA MAIORIA DAS VEZES; MESMO ASSIM, CONTINUA SENDO UM ERRO EM GRANDE PARTE), MAS ISSO EM PLENO SÉCULO XXI. SE É PRA SER INTOLERANTE E RADICALZINHO, ACHO QUE MUITAS DESSAS "IGREJAS" NEOPENTECOSTAIS QUE PIPOCAM DIARIAMENTE EM CADA ESQUINA, SEM TEOR NENHUM E LIDERADAS POR PASTORES LADRÕES, DEVERIAM SER PROIBIDAS DE FUNCIONAR PELO GOVERNO. O PLC 122/06 PRECISA URGENTEMENTE SER APROVADO.