Pesquisar este blog

Carregando...

quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

A Vida Tratada com Respeito

O que dizer para um pai de família que perdeu três filhos e a encontra-se com sua esposa entre a vida e a morte num hospital? Devido às chuvas ocasionadas na região metropolitana de São Paulo, houve um desabamento de terras e a casa dessa família foi atingida, a mulher na tentativa de salva um dos filhos ficou gravemente ferida, mas não morreu, encontra-se em estado grave no hospital e o pai, que no momento do acidente estava trabalhando, também se encontra no hospital. O choque da vida real foi tão grande, que a estrutura humana não foi capaz de agüentar a vida real.

O ocorrido foi em Santana do Parnaíba, município pobre da grande São Paulo que faz divisa com Barueri, município que agrega os condomínios de luxo na região de Alphaville. Essa discrepância é assustadora, o luxo e a miséria fazendo fronteiras, de um lado famílias desoladas por morarem num terreno acidentado e que não resistem às fortes chuvas, de outras famílias que moram com condomínios de luxo, que acham um charme um terreno acidentado e gastam um valor que dava para construir uma casa com terraplanagem.

Ainda hoje, em algumas regiões de São Paulo, o volume da água não abaixou e enquanto isso, uma empresa estatal, que deveria trabalhar para não deixar que casos como esse aconteça, age de forma incompetente, brinca com a vida do ser humano e faz propaganda em regiões que ela não atua. A SABESP — empresa pública de São Paulo — começou a veicular comercial de televisão em Estados em que não distribui água: Rio de Janeiro, Minas Gerais, Espírito Santo, Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Goiás, Distrito Federal, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Bahia, Ceará, Pernambuco, Alagoas, Maranhão, Pará e Acre. No ano passado, o governador de São Paulo aumentou o orçamento de publicidade da estatal para 313 milhões, contra 166 milhões em 2008. É hora de acordarmos e cobrarmos da SABESP o slogan – A Vida Tratada com Respeito - que ela vende.

3 comentários:

HSLO disse...

Fiquei muito emocionado quando vi tudo isso na tv...nossa, quanta tristeza viu.


abraços
de luz e paz


Hugo

Alexandre Lucas disse...

Barraco MTV!

Renato Fierce disse...

Baixaria. O que vale hoje em dia são os interesses pessoais, nada me convence do contrário. Temos que intervir na formação das pessoas para mudar algo na sociedade. Toh bege.