Pesquisar este blog

sábado, 30 de agosto de 2008

Correria

Essa ultima semana foi super corrida. Hoje terminei o curso de Literatura Paulista, curso que amei de paixão, a turma foi excelente, havia alguns escritores, dentre eles o Ricardo Aguieiras que abandonou o curso pela metade, uma pena, mas tenho certeza que grande parte dos assuntos abordados, já era do seu conhecimento, me surpreendo com a inteligência e a audácia do Ricardo.

Fiquei sem o meu carro por uma semana. Deu um problema na bomba de combustível e numa peça chama “cochinha”, isso acabou atrapalhando muito a minha vida, o carro é um sinal de independência para quem mora numa cidade distante como Arujá, mas, consegui sobreviver, peguei o carro hoje.

Minha mãe foi internada de forma repentina, ela está muito nervosa por conta da irmã dela que morreu há um tempo, e por conta de problemas familiares que não vem ao caso. Na quinta feira fui com ela à cardiologista, foi uma consulta de rotina, a médica deu algumas broncas nela, pois sempre que ela vai a consulta a pressão dela está alta, enfim, voltamos pra casa, quando estava saindo para trabalhar, ela pediu para que eu ficasse em casa, pois ela não estava se sentindo bem. Depois de alguns minutos ela me pediu para levá-la no pronto socorro, a pressão estava ainda mais alta, a médica acabou a internando, situação que se arrasta até o momento, a previsão é que ela saia no domingo, espero, estou apreensivo com isso, é triste ver a nossa mãe fora de casa, num hospital, que nunca se comparará com o conforto de casa.

9 comentários:

Serginho Tavares disse...

esse curso deve ter sido ótimo mesmo e nem se preocupe que sua mãe vai sair logo logo viu?
beijos

BinhoSampa disse...

estou em sampa e estou sem carro, sei o que é isso, como a gente depende muito disso.

Pensei em alugar um, mas a familia acha desperdício, então minha irmã emprestou o dela, foi a saída...

Abs:-)

RICARDO AGUIEIRAS disse...

Marcos...
Estou preocupado com sua mãe, espero que ela sare logo. Precisa se cuidar mais e controlar melhor a pressão...
Bom, eu tenho "audácia"... risos.... onde?
Uma hora quero que leia meu conto. Já te liguei hoje, mas não te acho nunca... compra logo um celular... preciso te contar uma coisa...
Se cuida, te gosto...
Ricardo
aguieiras2002@yahoo.com.br

kinho disse...

oi marquinho

minino tenho certeza que sua vida e bem corrida mais ate que a minha kkk tiro pelas conversas no msn kkk bixinho vc deve ser muito trabalhador mesmo e além disso muito educado porque tc e trabalhar eu não consigo kkkk. Obrigado pelo prazer de conhecer vc mais um pokinho espero que nos falemos mais...
enquanto sua mãe tudo fica bem Deus a ajudará pressão é mesmo uma coisa que foge de nós qualquer coizinha ela dispara, mais fique com sua mãe seu amor por ela deve conforta-lá ela passou por uma perda e isso a abalou demais só o tempo curá essa dor curá não abranda.

bjos kinho
ps. Estou torcendo pra que tudo sai bem ok ?? e há de sair !!

Ricardo disse...

Oi Marcos!

Desejo melhoras para sua mãe.
Um ótimo fds...
Abçs...

RICARDO AGUIEIRAS disse...

Marcos, eu queria te agradecer, você disse coisas muito bonitas ao meu respeito. Eu adoro você, não sabe como é importante para mim.
Obrigado
Ricardo

Leandro G. disse...

Puxa, me de notícias da sua mãe. Ela está melhor?

Parabéns pelo término do curso. Eu acredito que vc deve ter mesmo gostado, pq senão seria sincero como sempre, e aqui mesmo falaria algo dele.

E o carro, ficou bom? Sempre fica quando trocamos a bendita bomba de combustível. Uma vez parei oito vezes na estrada vindo de Jundiaí. Espero que seu carro não tenha te deixado na mão assim como o meu me deixou à época.
E vem cá....nunca ouvi falar nessa peça Cochinha? Não é o coxim? sei lá viu..

um abraço querido!

Marcos Freitas disse...

Leandro,

Minha mãe está melhor, graças a Deus, hoje fiquei o dia inteiro com ela, ela foi fazer alguns exames.

O carro meu deixou na mão sim, mas todas as vezes eu estava em Arujá, graças a Deus.

A peça é o tal de cochinha mesmo, sei lá, até na descrição ele escreveu isso, eu sou leigo, se falarem que a peça chama quibe, eu acredito.

Leandro G. disse...

ai Deus, só vc mesmo para me fazer rir.
Até que de mecanica eu entendo um pouquinho (ainda tenho uns dotes de menininho kkkkk), só um pouquinho viu...e essa peça nunca ouvi dizer mesmo...mas estou com vc, menos no quibe kkkkk

Mas manda um beijo pra sua mãe e peça para que se cuide.