Pesquisar este blog

segunda-feira, 18 de agosto de 2008

A Onisciência de Deus e o Livre Arbítrio

Onisciência é a designação de uma capacidade de se poder saber tudo, em todos os lugares, ao mesmo tempo, e infinitamente, como por exemplo, ocorre na literatura. Na maioria das religiões monoteístas esta habilidade extraordinária é tipicamente atribuída a um único Deus supremo, como se mantém tradicionalmente no sistema religioso cristão e maometano.

Além do poder da onisciência, também é atribuído a Deus o poder na onipotência e onipresença, ou seja, Deus sabe de tudo, está em todos os lugares e tem em suas mãos todo o poder, mas todos esses atribuídos sobre os seres humanos, coloca em duvida a veracidade do livre arbítrio, direito dado por Deus ao homem.

Se Deus sabia que o homem comeria do fruto da sabedoria, porque ele colocou o fruto a disposição do homem e o alertou a não come-lo? Se Deus sabe de todas as coisas, ele sabia que o homem comeria do fruto, ele sabia que eu colocaria essa postagem no meu blog, que alguns adorariam, e que outros colocariam comentários tentando me convencer de um “equivoco” de uma forma que confundem até os próprios religiosos, pensando no assunto, vemos que não existe resposta para tal questionamento, e que o livre arbítrio vai de contramão a onisciência de Deus.

Outro fato intrigante que coloca em duvida a onisciência de Deus, é o caso de Lúcifer, o anjo que se rebelou contra Deus, Lúcifer é o grande inimigo declarado de Deus, assim como tudo, Lúcifer também é uma criação de Deus, segundo a bíblia, atualmente Lúcifer se encontra preso no inferno, e toda a maldade do Mundo é feita pelos seus anjos por ordem do Lúcifer, ele será solto no juízo final, onde será feita a grande partilha, os “santos” entraram no céu, e os “impuros e pecadores” entraram no inferno, nos somos a criação de Deus, e se Deus sabia que Lúcifer iria dificultar a nossa vida na Terra, porque ele foi criado? Evangélicos respondem isso dizendo que Deus criou o Lúcifer para Deus ter na Terra verdadeiros adoradores, adoradores que abrem mão dos prazeres do Mundo para adorar o único Deus, mas se ele já sabe de tudo, quando ele criou cada um de nos, ele sabia quem seriam os seus verdadeiros adoradores, e se ele ama a cada um, Porque ele criou os “não verdadeiros adoradores”? Ele pouparia muitas vidas do fogo do inferno.

A onisciência de Deus e o livre arbítrio parece mais uma brincadeira de mal gosto da parte do criador, qual o direito de escolha que me foi deixado, sendo que Ele sabia de tudo? Ele já sabia da minha homossexualidade, fato que é amplamente criticado pelos os que dizem serem seus seguidores, Ele sabia que na terra existiriam religiosos extremistas que cometeriam atentados terroristas pelo Mundo, mas mesmo assim o criou. É atribuído um amor incondicional por parte de Deus para nos, porém, se ele sabe de tudo e nos ama, porque ele não nos poupou dos males que assolam a Terra? Porque o Anjo de Luz foi criado? E quando a resposta porque Deus queria verdadeiros adoradores, forma-se uma contradição, pois segundo a onisciência que é atribuída a Deus, não temos direito de escolha, pois Ele sabe de todas as coisas.

19 comentários:

RICARDO AGUIEIRAS disse...

Marcos,
Esse é um dos seus melhores textos, nada tenho a acrescentar, só que estou impressionado.
É uma alegria tê-lo como amigo!
Eu já deixei um longo comentário para o tal fundamentalista, lá no post sobre o Silas Malafaia.
Olha, só um aviso, não sei se acontece com outros: meu navegador é o Firefox e está entrando em conflito com a música que toca em seu blog, dando erros. Não sei por que isso ocorre. Eu tenho como desligar a música ou não?
Beijos,
Ricardo
aguieiras2002@yahoo.com.br
aguieiras2002@yahoo.com.br

Celso Dossi disse...

Sempre falo que o mundo seria bem melhor se as pessoas vivessem essa vida, ao invés de se preocupar com a próxima.
Ótimo texto.

Serginho Tavares disse...

Deus e Satanás estão dentro de nós nós os criamos e nós determiandos o que é bom ou mal.
Esse deus onipotente ou oni sei lá o que mais não existe. Seria impossível ele dar o livre arbitrio e determinar leis nesse caso ele seria contraditório e sendo contraditório ele não seria perfeito!

adorei o texto
beijos

Paulo Sérgio disse...

Muitas vezes a gente pára para se questionar mas não abrimos o questionamento aos outros. Essa é a função de um blogueiro: além de informar, gerar e formar opiniões que sejam as mais adversas.

Lindo o texto... é para se refletir. Apesar de se tratar de uma reflexão infinita.

Parabéns. Continuo por aqui!

Unexpected Boy disse...

Você já disse tudo.

A grande ironia é que no final, somos visto como tapados pelos "verdadeiros adoradores"... Por supostamente não querermos ouvir as palavras de Deus ou não abrir os olhos. Porém é só soltarmos algum comentário desse tipo que eles enlouquecem, como crinças que colocam os dedos nos ouvidos e começam a cantar bem alto LÁLÁLÁ para não ouvir. Ou então atacam com os argumentos mais furados... Chega a dar dó ver tamanha presunção aliada a falta de um pensamento crítico...

Fico pensando, usar de má fé com quem é ignorante também manda para o inferno (meu Deus! Vamos ter um problema de superlotação, o pior não vai ser o fogo, vai ser o aperto!)

E nós que fechamos os olhos (ouvidos)..? Tá bom...

São coisas nessa vida que não entendo...

Abraço!

LENADROG disse...

Realmente, que texto ótimo!!!! Pena que os evangélicos não permitam nenhuma forma de questionamento. Acho que nós temos é que deixá-los de lado, religiões são o mal do mundo. Eu tento ser bom,consciente, cumpridor dos meus deveres e solidário. Está de bom tamanho e deixa pra lá quem não me aceita.
bjs
Lendro G

Diogo disse...

Muito bem. Ótimos questionamentos caro Marcos Freitas, mas deve refletir agora sobre as respostas de suas perguntas.

Oras, mas se Deus sabia de tudo por que deixou o mundo assim do jeito que está hoje?

Já experimentaram usar uma viseira daquelas de burro, cavalo, jegue? Elas fazem com que o animal enxergue apenas para frente e nunca para os lados. Mas como Deus sabe de tudo e ele está sempre no controle total, deu tanto ao homem quanto ao seus anjos o livre-arbítrio, para poderem escolher o que bem entendessem, porém ADVERTIU o que receberiam pela desobediência.

Vamos citar um exemplo prático e contemporâneo. Na sua infância, sua mãe ou pai te alertavam para não fazer determinadas ações, mas sua teimosia o levava a desrrespeitar os pais e quando você se deparava havia cometido justamente algo alertado por eles. Logo que a notícia chegava aos ouvidos dos pais, os mesmos lhe castigavam. Concluímos que eles te ALERTAVAM porém deixavam você LIVRE para fazer o que bem entendesse, pois você pagaria pelos seus atos. Baseando nesse exemplo podemos ver que Deus inseriu o livre-arbítrio para todos, pois se fizesse todos enxergarem apenas um lado seriamos pessoas bitoladas, no entanto somos pessoas e podemos escolher dois lados. Como já disse outro post, nosso mundo é dicotomizado, ou seja dividido em dois: Certo ou errado, ligado ou desligado, sujo ou limpo, e por aí vai. Portanto você pode escolher.

Sabe porque o Diabo não dominou o mundo ainda? Porque Deus está no controle e não deixará uma criatura dominar o criador. Dessa forma o diabo serve como um outro caminho para as pessoas. Deus em seu poder supremo pode acabar com o diabo em uma fração de segundos, porém como vai testar suas criaturas?

Pense nisso, tá bem?
Agradeço pelo espaço, um forte abraço, Deus os abençoem!

SAM disse...

Marcos, ele sabe de tudo sim, mas nos deu o livre arbítrio porque não nos criou para ser um tirano. Mas nos criou para pura e simplesmente existirmos e em nossa existencia realizarmos as nossas escolhas.
Se Deus é amor, não haveria sentido nos criar como se fossemos "bonecos dele"
Essa é mais um ponto que mostra o quanto ele tem a sua bondade e ela é infinita.

Obrigar a amar não é amar...entende o porque Dele fazer isso?

Deus nunca nos dá um fardo maior do que podemos carregar...


Meu..posso pedir teu msn?
Me emploguei caramba..kkkkk
:D

RICARDO AGUIEIRAS disse...

Diogo,
Por que você não procura tratamento médico, há excelentes terapias para bichas enrustidas que não conseguem se assumir, chama-se "Terapia Afirmativa", pesquise.
Não vou ler a sua biblia, não acredito no seu deus e acho você um chato de galocha. Te aviso: Esquece o Marcos Freitas. Sei que el é muito bonito, mas, aviso-o ele tem um lindo namorado, , estão juntos a mais de cinco anos e o Marcos é muito leal, portanto não adianta você insistir. Eles estão construindo um belo caminho de amor e vão morar junto, ao contrário do senhor, navegante no mar de ódio fundamentalista.
Eu prefiro ler Sartre. Vá ao médico, pague-o direitinho, pois só pagando dá para aquentar sua lenga lenga cristã fundamentalista. O senhor é tão burro, mas tão burro que , se fosse um crente esperto e inteligente já teria percebido faz tempo que o seu modo de agir SÓ - E SOMENTE - afasta as pessoas do seu deus e da sua biblia, o contrário do que diz que quer. Ah, se eu fosse um evangélico fundamentalista, saberia bem mais que o senhor atrair fiéis. O senhor, com seu discurso medíocre e banal que evidencia a sua latente e não aceita homossexualidade interna, só afasta as pessoas. E o Silaszinho continua ungido pelo ódio, ainda mais...
Tente se libertar: homossexualidade é uma delícia pura! Quem prova não volta atrás. Freud desde o início do século passado já falava de doentes como o senhor...
Morra logo e feliz,
Ricardo Aguieiras
aguieiras2002@yahoo.com.br

Segunda-feira, 18 Agosto, 2008

Marcos Freitas disse...

Diogo,

Está na hora de religiosos tirarem esse viseira que você citou, e explicar como o livre arbítrio se interage com a onisciência, se ele sabe de tudo, qual escolha nos resta?

Veja que descrepancia meu querido.

Marcos Freitas disse...

Sam,

Esse é o grande problema desse questionamento, se ele sabe de tudo, como nos temos o livre arbitrio? Se toda a nossa vida está predestinada, qual é o nosso direito de escolha?

Meu MSN é marcosfreitas81@hotmail.com

E quando irá rolar o encontro de Blogayros?

Marcos Freitas disse...

Ricardo,

Obrigado pelo carinho, você sabe que foram os questinamento de Sartre que me inspirou sobre o tema dessa postagem, ser gay é uma delicia, é tão gostoso quanto ser hétero, sabe porque? Porque é ótimo sermos quem realmente somos, seja gay, hétero ou bi.

"o somos uma máquina programada para agradar a sociedade, tudo que somos ou fazermos tem que ser em nosso nome, em nome da nossa felicidade, não podemos jogar a nossa vida nas mãos de terceiros. Marcos Freitas"

http://passageirodomundo.blogspot.com/2008/03/sem-rtulos.html

http://passageirodomundo.blogspot.com/2008/06/um-pouco-mais-de-mim.html

Leandro G. disse...

Uhu, temos um homônimo aqui...Leandro G. kk

Olha, eu não gosto muito de discussões religiosas, mas o Diogo forçou demais!

Muitos religiosos visam os homossexuais como putaria, uma aberração da natureza (já ouvi isso de uma evangélica). E eu abomino esse pensamento.

Ser gay é algo maravilhoso, algo pessoal, algo que só quem é pode dizer...

Infelizmente não concordo e não concordarei com nada que o Diogo disse, e reforço os dizeres do Ricardo.

Beijo marquito!

Blog do Jean disse...

Minha resposta é; Deus nos deu o livro arbítrio sim, não devemos duvidar disso. Sobre as coisas que nos cercam e nos deixa atribulados não vem de Deus, e sim do maligno [o mundo jás do inimigo] mas aqueles que estão em Cristo são mais que vencedores. O que plantamos hoje colheremos amanhã, seja coisa boa ou ruim, pense nisso!

Nordestino disse...

Olha eu aqui cumprindo minha promessa...
kkk. Qtas perguntas, marcos!!!
Olha, sou gay e católico; não digo amém para tdas as posições da igreja, mas não deixo as "burradas" dela atrapalharem a minha fé - acho importante diferenciar religião de religiosidade ou sentimento religioso. Este último, tds temos, até o mais ateu de nós, pois eh um sentimento inerente ao humano, assim como o amor ou a tristeza, para citar alguns exemplos.
Qto ao lance do livre arbítrio, sinto-me livre, independente de ter nascido assim ou de Deus ter me dado essa liberdade; ou seja, não faz diferença pra mim, e cada um acredita no que quer...
Qto ao lance do demônio, acho ele uma boa desculpa. Uma maneira do homem fz as coisas erradas e ter alguém a quem culpar meramente pra não assumir responsabilidade. É mais fácil dz q o demônio me fez matar alguém - e soar um pouco louco - do q dz q eu matei alguém e assumir as consequencias do meu ato, não acha? Acho inclusive mto infantil essa coisa de Bem X mal, Deus X Diabo. Gente, isso é historinha, linguagem figurativa, vamos crescer! O homem é bom, mal e tudo o q existe entre um e outro.
Qto a oniciência, acho q o homem tenta fz um Deus humano, q precise ser adorado, agradado, q nos testa... Deus está mto além de nossas capacidades inteligíveis e suas razões, só Ele mesmo conhece. Oniciente é uma maneira q homem encontrou pra descrever um Deus q ele não conhece, pois Deus é amor, Deus se SENTE, não se CONHECE, e pouquíssimos homens neste mundo experienciam o AMOR puro, incondicional - os chamados santos. Pra mim, não são somente os santos q serão salvos, mas tds aqueles q se esforçam À SUA PRÓPRIA MANEIRA para o ser.
Acho q é mais ou menos por aí q penso. Ah, e qto aos outros colegas q comentam - isso não é uma chamada de atenção, mas mais um ponto de reflexão, pois acho q esse eh o objetivo do blog - se tratarmos os fundamentalista da mesma maneira q eles têm nos tratado, não estaremos sendo diferentes deles. Jesus disse para "dar a outra face", não é para sermos masoquistas e gostarmos de apanha, mas para mostrar a face do BEM! Bjo no coração!
Ironicamente ou não, fica com Deus!

Anônimo disse...

Amados,

Chamou-me mto a atenção ao ler este blog, que vi o link no orkut! Quanto ao livre arbítrio, Deus sabe de tudo, sabe de tudo o que é certo e errado, e sabe o que vai acontecer, é algo supremo e divino demais para podermos imaginar! Mas, o Senhor tem um plano para a vida de cada um, e o nosso livre arbítrio nos afasta ou não deste plano! Vc pode escolher ir à igreja ou não, ir à balada ou não!
Enfim, tudo me é lícito, mas nem tudo me convém!Cabe à nossa crença, à nossa fé, à educação que recebemos, etc. discenirmos o certo do errado, e quando temos um verdadeiro encontro com Jesus, quando nos tornamos filho Dele, pela nossa fé e não pelas nossas obras, começamos a enxergar as coisas como Deus enxerga!

Espero que tenham entendido o que quis dizer, e ao contrário do que foi falado nos comentários acima, sou evangélica, e não tenho nada contra os gays, tenho um amigo gay, que o amo, e jamais me distanciei ou destratei por causa da opção sexual dele!

Deus abomina o pecado, mas o pecador!!!!

Fiquem na graça e paz do Senhor!

Tatiane

Marcos Freitas disse...

E blá, blá, blá, fico impressionado como os religiões conseguem andar em circulos, isso nunca acaba?

Anônimo disse...

bando de viados,Deus us repudia:(

Marcos Freitas disse...

Quando se esgotam os argumentos, resta só a violencia.