Pesquisar este blog

domingo, 31 de agosto de 2008

De Volta ao Lar

Quando cheguei da academia, já estava com planos de me arrumar e ir visitar minha mãe, mas minha tia já foi me informando que o hospital havia informado que minha mãe estava de alta e só estava esperando alguém para ir buscá-la, me arrumei rapidamente e fui. No hospital conversei com o medico que deu alta para ela, o médico disse que as alterações de deu no eletro que ela tirou, foi por conta da pressão alta e das anginas que ela já têm, ele aumentou a medicação, creio que agora o sistema nervoso dela voltará ao normal.

Fiquei muito preocupado com a minha mãe, quando a visitei ela estava com um olhar triste, apreensiva, o seu estado de nervosismo e abalo era nítido, sai do hospital tão angustiado, com vontade de chorar, tenho medo de perder minha mãe, estou quase com 30 anos, mas ainda me vejo dependente da minha mãe, existem situações que só ela sabe me dar uma palavra. Não sou de confidenciar-me com todo mundo, em determinadas situações, só me abro com a minha mãe, principalmente em relação a minha vida sentimental, ela é uma evangélica que consegue transpor o preconceito impregnado na religião, quando o gay em questão é o seu filho.

Hoje minha mãe ligou para a minha tia que estava internada por conta de um derrame cerebral, minha tia está com muitas seqüelas, ela diz que o médico que tratava dela tem uma sala com um equipamento enorme, e dessa sala ele a examina, minha mãe disse para ela não contar isso para ninguém, pois do jeito que os filhos dela são, podem colocar ela no carro e levarem para um psiquiatra, e no psiquiatra nem mencionarem que ela teve um derrame, temos que ter paciência com ela, pois a recuperação é lenta, o médico disse que provavelmente ela iria perder parte da memória, aparentemente ela está com a memória normal, só ficou um pouco pertubada, mas lembra de tudo.

6 comentários:

RICARDO AGUIEIRAS disse...

Te mandei um email agora, por favor leia...
Também estou passando por coisas parecidas, sem saber atinar com isso e com muito medo, já lhe contei um pouco outro dia...
Fiquei triste também por sua tia, pôxa, será que os filhos dela realmente fariam isso?
Espero que tudo fique bem,
Beijos,
Ricardo
aguieiras2002@yahoo.com.br

RICARDO AGUIEIRAS disse...

5 coisas que você não sabia

sobre o novo show da Madonna

[por Thiago Ney] REVISTA DA FOLHA - HOJE

1
A turnê "Sticky & Sweet" teve início em Cardiff (País de Gales), no último dia 23. O público? De adolescentes a cinqüentões. Não importava a idade, o que mais se via eram mulheres com chapéu rosa estilo caubói. E os óculos do Kanye West (com aros coloridos).

2
O segundo show ocorreu em Nice, no sul da França. Entre o público, o vocalista do U2, Bono Vox, o cantor Elton John e o jogador David Beckham.

3
Nas duas laterais do palco, que deve aportar no Brasil em dezembro, há dois ''M" gigantes, na cor rosa, ornados com cristais Swarovski.

4
Madonna toca guitarra em quatro faixas (''Human Nature", "Hung Up", ''Borderline", ''Ray of Light"), violão em uma (''Miles Away"), pula corda (antes de ''Into the Groove"), passeia de Cadillac conversível pelo palco (em ''Beat Goes On"), dança tango (''Spanish Lesson"). E, claro, como rainha do pop, ela inicia o show sentada num trono.

5
Madonna passará nove dias por aqui. A previsão é que ela chegue no dia 13 de dezembro e vá embora no dia 21. Tirando os EUA, o Brasil é o país em que ela passará mais tempo. Madonna faz questão de escolher e reservar o hotel em que ficará (normalmente são os produtores locais que fazem isso). Ela ainda não definiu o local.
Marcos, desculpe, mas achei que poderia te interessar, já que vai escrever sobre o livro dela.
Beijos,
Ricardo
aguieiras2002@yahoo.com.br

Amaral Dias disse...

Força amigão, todos nós mais tarde ou mais cedo passamos pelo drama da perda da mãe. Também nós lá chegaremos com o mesmo drama para os outros que estão connosco. A vida é mesmo assim, um ciclo que se inicia e que terá um fim com a morte do corpo físico, porque o Espírito, esse continua eterno a evoluir em novas dimensões...
Boa melhoras, tudo de bom para voçê.

Amaral

GUI SILLVA disse...

sempre bom estar no colo da mãe. MÃE É TUDO!!!

Klero disse...

Ver mãe em cama de hospital é um baque. Mostra a ragilidade que elas parecem não ter para nós, filhos.

Minha mãe costuma dizer que quer os sorrisos enquanto estiver viva, porque as lágrimas depois que ela se for não vão mudar nada. Acho que é conselho certo. Curtir o máximo que podemos!

Tiago disse...

E a nossa família por mais imperfeições e discussões nternas que são coisas normais de se acontecer..

E mãe é mãe né meu querido
Sempre presente e sempre repleta de vida pra nos dar..

Boa semana meu amigo
E melhoras a sua tia!

Abração!