Pesquisar este blog

Carregando...

quarta-feira, 24 de junho de 2009

Homofobia Global

A ABGLT (Associação Brasileira de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais), associação de congrega ONGs do Brasil inteiro que luta pela causa gay, enviou uma carta aberta ao apresentador Fausto Silva do Domingão do Faustão. O apresentador tem o maior faturamento da Rede Globo e os seus ganhos mensais estão na casa dos 5 milhões de reais. A carta, que questiona os comentários homofobicos do apresentador, foi enviada por conta da falta de respostas dos emails enviados. Na nota, Toni Reis, Presidente da ABGLT, destaca alguns comentários do comunicador, são eles:

  • 10/05/2009 – você referiu um "suposto" homossexual pelo termo GAZELA
  • 17/05/2009 – você refere-se a um "suposto" homossexual pelo termo BOIOLA
  • 17/06/2009 - diz que um “suposto" homossexual MORDE A FRONHA
  • 17/06/2009 - No programa leva ao ar o comentário do participante Leandro Hassun: ISTO É UMA BICHONA!
Toni Reis convida Fausto Silva a se unir a campanha “Não Homofobia”, que tem por objetivo, colher assinaturas da sociedade civil, a fim de pressionar o senado para a aprovação imediata ao PLC 122/2006, lei que criminalizará a homofobia no âmbito federal, além de citar alguns dados referentes à homofobia no cenário mundial, são eles:
  • Em sete países há pena de morte para os homossexuais e 80 países criminalizam os atos homossexuais.
  • No Irã, gays são enforcados em praça pública.
  • Em 2004, a UNESCO divulgou que 40% dos adolescentes não gostariam de estudar com um gay, uma lésbica ou uma pessoa trans e exemplificou, citando um caso do menino Iago, um adolescente de 14 anos que se suicidou porque era discriminado na escola. Sua história foi abordada no programa “Profissão Reporte”, da própria Rede Globo.
  • Em 14/06, dia que a cidade de São Paulo estava comemorando o “Orgulho Gay”, 22 pessoas foram feridas com uma bomba arremessada de um prédio, e na mesma região do atentando, um gay de 35 anos foi espancado por skinreads, sofreu traumatismo craniano e morreu.
A ABGLT também cita o Código de Ética dos Jornalistas e o Conselho Federal de Psicologia que determinam que seus profissionais respeitem a orientação sexual e a identidade de gênero de todas as pessoas. Informação que o Fausto Silva conhece bem, pois o mesmo é formado em Comunicação Social.

Esperamos que o Fausto Silva e outros formadores de opinião do nosso homofóbico país tenham mais responsabilidade com o conteúdo repassado para o seu público e que eles aprendam a lição deixada por Nelson Mandela que diz que “ninguém nasce odiando outra pessoa pela cor de sua pele, ou por sua origem, ou sua religião. Para odiar, as pessoas precisam aprender, e se elas aprendem a odiar, podem ser ensinadas a amar, pois o amor chega mais naturalmente ao coração humano do que o seu oposto. A bondade humana é uma chama que pode ser oculta, jamais extinta.”

4 comentários:

Adriano disse...

Tenho um perfil no twitter que divulga post de blogs que abordem o tema LGBT.
Divulguei o seu lá.
Se tiver indicações de post e blogs interessantes, pode me mandar e-mail.
Obrigado.

E-mail: lgbt_blogs@gmail.com

twitter.com/LGBT_Blogs

Abraços.

O VIADO E A TRANSGRESSÃO POÉTICA disse...

Essa carta é muito boa, finalmente a ABGLT faz algo... porém, apesar de aplaudir a iniciativa, duvido muito que algo irá mudar nas tv's brasileiras e no Reino da Dinamarca.
Beijos,
Ricardo
Aguieiras2002@yahoo.com.br

J. disse...

Adorei o tema da postagem! A televisão brasileira, principalmente emisoras de grande publico, precisa aprender a dar o exemplo já que entra no lar de milhares de pessoas, formando opiniao. Espero que esse tosco do Faustão seja mais sensato e tenha mais respeito pelo menos ao apresentar o programa q ele tem. Vlw Marcos!

Rodrigo Melquiades disse...

Nosssa perfeito seu texto....concordo com vc em tudoO...
Fui na parada dia 14/06, nossa fikei chocado com tudo o que aconteceu, graças a DEUS num via nada disso, apesar de levarem minha camera...=(

Mas isso faz parte...
Vc estava por la!?
òtima quinta pra vc fiotão..
Abras..