Pesquisar este blog

Carregando...

segunda-feira, 8 de junho de 2009

Semana do Orgulho Gay

Estamos na reta final para o dia mais colorido do ano, o dia do Orgulho LGBT, que acontece no próximo dia 14, na Av. Paulista ao meio dia. Já estão ocorrendo em país eventos com temática gay, lançamento de livros, filmes e seminários. As programações são as mais diversas e podem ser conferidas no site da Associação da Parada. Segundo a Associação, estimam-se de 3,5 milhões de pessoas compareceram ao evento. A Parada sairá do MASP, seguirá pela Avenida Paulista e descerá a Rua da Consolação até a Praça Roosevelt, onde deve ocorrer a dispersão.

A grande decepção de todos os militantes gay de São Paulo foi à redução de 29% nas verbas para a realização do evento e na redução da segurança do evento. No ano passado o orçamento do evento ficou em R$ 1,07 milhão contra os R$ 760 mil para 2009. A Polícia Militar reduziu de 1,4 mil para 1,2 mil policiais o efetivo que vai atuar durante o evento. Cerca de 85% dos recursos arrecadados até agora vêm de órgãos federais - os mesmos que bancaram a Parada Gay do ano passado: Caixa Econômica, Ministério do Turismo e Petrobras, além de parcerias com a Prefeitura de São Paulo e o governo estadual. Os organizadores esperam ainda conseguir R$ 70 mil com expositores e trios elétricos, além de R$ 35 mil com parceiros privados. Mesmo assim, faltarão R$ 85 mil para completar o orçamento previsto.

Neste ano, com as obras da Linha Amarela do Metrô, entre a Paulista e a Rua da Consolação, o percurso dos trios elétricos sofrerá uma pequena mudança. O trajeto na Paulista será feito na “contramão”, para que os carros possam contornar a obra do Metrô e pegar a faixa direita da Consolação. Numa conversa informal com um dos organizados da Parada, sugeri que fossem colocadas tendas na Rua Bela Cintra com cabines de DJ, tenho certeza que a critica virada da Paulista X Consolação seria menos critica. Aconselho os participantes descerem pela Bela Cintra, virarem na primeira à esquerda na Rua Antonio Carlos, para finalmente virarem a Direita na Consolação. Todos os anos a muito tumulto nesse trecho e infelizmente pessoas mal intencionadas aproveitam esse tumulto para furtarem carteira e celulares.

Nesse ano, o tema da Parada será: "Sem Homofobia, Mais Cidadania - Pela isonomia dos direitos". A organização insiste em abordar a questão da Homofobia, pois acredita ser necessária a conscientização da sociedade para tais questões. O Brasil ainda engatinha nas questões de direitos humanos. O cidadão homossexual tem direitos constitucionais básicos negados. Recentemente o PLC 122/2006, projeto que visa criminalizar a homofobia em todo o território nacional, sofreu fortes pressões pela bancada religiosa do senado para a alteração no texto, se aprovado, a lei criminalização a discriminação ou preconceito de raça, cor, etnia, religião, procedência nacional, gênero, sexo, orientação sexual e identidade de gênero. No ano passado, o tema da Parada foi “Homofobia Mata – Por um Estado Laico de Fato”, é uma pena vermos que um ano após a Parada de 2008, ainda termos uma forte presença da igreja nas questões políticas. assuntos religiosos não podem serem confundidos com o Estado.

2 comentários:

HSLO disse...

Aff...como queria esta em SP...nossa. Em 2010...estarei lá em nome do senhor DEUS.

beijão....amei o post

Diego Silva disse...

Será o quarto ano consecutivo que sairei de Campo Grande rumo à São Paulo. Mas pra falara a verdade desde o ano passado ouço muito q a questão política e militância ficou de lado e a Parada se tornou uma verdade micareta de rua. Na verdade a Parada perdeu a graça desde 2008 com a saída da The Week com seu trio elétrico e de outras casas tbm.
Espero que este ano possa ter boas histórias pra contar...mas estou pensando bem em deixar o percurso pela metade ir na Nova Pool Party da The Week no Clube de Regatas...

Abraços!