Pesquisar este blog

Carregando...

sábado, 29 de maio de 2010

10ª Feira Cultural LGBT Terá Oficina Gratuita para Drag Queens Iniciantes

A 10ª Feira Cultural LGBT - que ocorre na próxima quinta-feira (03, feriado de Corpus Christie), a partir das 10h, no Vale do Anhangabaú – irá revelar doze novas drag queens. Isso porque uma das novidades dessa edição é a oficina gratuita “Linha de montagem: nasce uma drag”, ministrada pelas veteranas Dindry Buck, Sissi Girl e Lully Cow, e pelo ator Eduardo Moraes. Além da aula sobre todo o universo drag, os participantes se apresentam no palco da Feira, ganham ingressos para o Gay Day no Playcenter e desfilam na Parada em um dos trios elétricos oficiais. Inscrições vão até dia terça-feira (01).

Um dos maiores ícones da cultura LGBT, a drag queen é personagem indispensável para a diversão de uma boa festa, seja como hostess ou performer. Mas além do “bate-cabelo”, o mercado de trabalho para essa arte tem se ampliado, e a drag atualmente é cotada para os mais variados eventos, como casamentos, bailes de debutantes e confraternizações empresariais. A madrinha da oficina, a drag queen Dindry Buck, explica que competitividade desse cenário crescente exige maior preparação dos profissionais: “A drag queen tem por missão levar alegria, cor, diversão, irreverência e muito bom humor aonde quer que ela vá, mas o mercado a cada dia exige artistas mais gabaritados. Por isso, a oficina vem dar suporte a quem realmente tem vocação e talento”.

A oficina aborda história do movimento drag no Brasil e no mundo, técnicas de maquiagem e penteado, produção e confecção de figurinos, noções de postura, performance, presença de palco e projeção vocal. “É a preparação que muitas drags em início de carreira gostariam de ter”, conclui Dindry.

Serão apenas doze participantes selecionados, por isso, é necessário que os interessados façam inscrição prévia até o dia 1º de junho pelo e-mail oficinas@paradasp.org.br com assunto “Oficina de drag”, contendo no corpo do texto: nome, RG, telefone e breve histórico. No dia, os participantes devem levar um par de sapatos, peruca e, se desejar, figurino próprio, porém, as drags oficineiras irão emprestar suas produções.

A oficina “Linha de Montagem: nasce uma drag”, ocorre às 14h, na tenda 01 da 10ª Feira Cultural LGBT. Às 17h30, todas as participantes se apresentam no palco da Feira para cerca de 200 mil pessoas, e concorrem ao título de rainha da Feira. Cada uma também ganhará ingresso para o Gay Day (que acontece dia 05, no Playcenter) e acesso a um dos trios elétricos da Parada (dia 06, na Avenida Paulista).

A 10ª Feira Cultural LGBT é uma atividade integrante do calendário oficial do 14º Mês do Orgulho LGBT de São Paulo e, pelo terceiro ano, ocupa toda a extensão do Vale do Anhangabaú, das 10h às 22h, com shows de música, teatro, performances, tendas de comércio, alimentação e oficinas. Além da oficina de drag, haverá a de DJ, fotografia, defesa pessoas e as tradicionais de cidadania, direitos, erotismo e saúde, todas com participação gratuita.

Para mais informações sobre a programação completa do 14º Mês do Orgulho LGBT de São Paulo, que neste ano traz o tema “Vote contra a homofobia: defenda a cidadania!”, acesse: http://www.paradasp.org.br/.

2 comentários:

Paulo Braccini disse...

Bacana a iniciativa ... se eu levasse jeito eu faria o curso ... rs

bjux queridão ...

;-)

Coelho Azul disse...

Olá, gostaria de trocar banners? http://centraldenoticiasgays.blogspot.com/2010/02/parceiros-da-central-de-noticias-gays.html