Pesquisar este blog

Carregando...

terça-feira, 18 de maio de 2010

+ Homofobia

A questão da homofobia coorporativa foi resolvida, porém, não foi aplicada a suspensão, e sim, uma demissão sem justa causa, apesar de ela merecer ser demitida por justa causa. Meus pais são empresários há mais de 15 anos e sempre adotaram como política a minimização de conflitos, a fim de evitar reclamações trabalhistas. Sabemos que por mais certa que seja a empresa, o ministério do trabalho sempre tem uma inclinação para o lado do empregado. Enfim, situação resolvida, entretanto é fantasia imaginar que a homofobia no Mundo está longo de ser extirpada.

Sábado, dia 15/05, dia que convidei amigos para sair e comemorar os meus 29 anos, eu fui ameaçado de morte. A situação foi tão inesperada, que quase estragou a confraternização, mas fui mais forte, aliás, fomos, pois o Douglas também foi ameaçado e a situação dele foi e ainda é muito mais delicada que a minha, porém, prefiro não comentar sobre o ocorrido com o Douglas e centrar apenas na minha versão da história. Ficamos mutio chateado com o ocorrido, a ponto do Douglas não querer mais me acompanhar na confraternização, só depois de muita conversa, convenci o Douglas a ir no “O Gato”, onde nos reunimos com aproximadamente 30 amigos que fizeram da comemoração de 2010, a melhor festa de aniversário que já tive. Fiquei muito feliz, pois mesmo concorrendo com a “Virada Cultural”, que teve uma programação excelente, meus amigos compareceram em peso.

Passada a confraternização, foi à hora de colocar a cabeça no lugar e pensar nos problemas e novamente fiquei surpreso com o posicionamento da minha família, que soube de tudo no mesmo instante que me avisaram da ameaça. Penso que nessas situações, temos que informar a todos, para no caso de a ameaça ser cumprida, as providencias cabíveis sejam tomadas. O mesmo acolhimento que tive da minha família, o Douglas também teve e mais uma vez a minha militância se fez valer, quando vi que barreiras de preconceito estão sendo quebradas dentro da minha casa e que hoje eles não enxergam mais o Douglas como um “melhor amigo” do filho gay e sim como o meu companheiro e cara que escolhi para ficar ao meu lado.

Decidimos que contra tudo isso, registraremos boletins de ocorrência no Distrito Policial de Arujá e no meu caso, ainda procederei com uma denuncia no Ministério Público para que os fatos sejam apurados e a punição cabivel seja aplicada. O crime de ameaça de morte é passível de 1 a 6 meses de prisão e o pagamento de multa por dano moral também pode ser aplicado. Situações como essa nos abalam, mas também nos deixa mais forte e valida a nossa luta por dignidade, por uma sociedade mais justa e igualitária aos cidadãos homossexuais. A ameaça não tem ligação alguma com o caso da ex-funcionaria, a pessoa que nos ameaçou faz parte do nosso convívio social, o que deixa a situação ainda mais delicada e a motivação da ameaça é fruto de homofobia e intolerância, a não aceitação que dois homens estão construindo algo juntos e se dando bem. É apenas uma fase, que superarei junto com o Douglas e servirá para firmar ainda mais os laços que temos.

8 comentários:

RICARDO AGUIEIRAS disse...

Oi, Marcos!
Não fui no seu aniversário no "O Gato" por que estive muito gripado e ainda estou. Mas, você sabe, neste e em todos os seus, sempre te desejei muita felicidade.
Por isso me assusta essa história, não ficamos sabendo dos detalhes, mas tudo bem, o importante é que superem sempre.
Que seus sonhos todos se realizem!
Ricardo
aguieiras2002@yahoo.com.br
http://dividindoatubaina.wordpress.com/

Serginho Tavares disse...

que horror tudo isso moço!
espero que essa situação se resolva logo e termine por ai.
fez bem ter ido a polícia se a gente se cala é isso que eles querem!

beijão e fica bem

Joice disse...

Amor...o que é isso?
Não acredito que essas coisas aconteçam com pessoas tõ boas omo você. Fiquei muito triste em ler esse post, mas feliz em saber que isso nao abalou o Seu dia!
Amei fazer parte da sua comemoração e saber que fiz parte desse melhor aniversário.
Te amo muito muito viu? Alias o Douglas tb. Vcs são dois fofos que merecem tod a felicidade do mundo. QUe Deus abençoe sempre a relação de vcs.

Esse tipo de pessoa que se dá ao trabalho de ter preconceitos e cuidar da vida alheia deve ter algum problema psicologico ou no minimo ser muito mal resolvida sexualmente.
O importante é o AMOR sempre....
Vc fez bem em ir atrás ds seus direitos como cidadão livre que é para fazer e amar quem quiser.

Um beijo

Inside Me disse...

nossa, fikei chocada... cada coisa que empleno século XXI ainda acontecem =/
falta de respeito sem medida, cada um tem suas escolhas... força

ENDIM MAWESS disse...

NOSSA MENINO QUE TRISTE FAÇO VOTOS DE BOA SORTE PRA VC E PRO DOUGLAS.

bruno da costa ribeiro disse...

sr. marcos sinto muito por esse lamentável incidente, mas poderia sanar uma curiosidade minha "a pessoa que faz parte de seu covívio pessoal" por acaso é a mesma que no inicio de 2009 bagunçou o seu Orkut??

Marcos Freitas disse...

Olá Bruno,

Não, eu desconfio quem foi que bagunçou o meu orkut, mas não tenho certeza. A pessoa que fez tal ameaça está mais no convivio social do meu namorado e o caso da bagunça no meu orkut foi na casa de uma tia, que mora no interior do paraná.

Pedro Monção disse...

Olá, eu sou o Pedro ou Snoopy se preferir. Enfim, sou carioca elógico, vivo no Rio de Janeiro. Ano passado eu namorava um rapaz de Guarulhos/SP e no começo de dezembro quando estávamos passeando na Paulista um rapaz percebeu que nós éramos gays e não deixou barato. O cara parecia um armário, todo forte e foi pra cima de mim. Acabou que inevitavelmente caímos na porrada e aconteceu o óbvio, afinal, dificilmente um magrelo como eu levaria a melhor. Só que a idéia de imaginar meu ex namorado machucado era bem pior pra mim do que me ver machucado. Enfim, chegou muita gente na hora da briga e o cara, covarde, saiu correndo. Fomos para a polícia mas como eu não tinha muitos dados do agressor como seu nome e onde mora, não adiantou. É algo que nos faz sentir humilhados, pois sabemos que existem pessoas que não toleram a felicidade alheia por motivos tão arcaicos. Mas nunca devemos baixar a cabeça ou desanimar por causa dessas coisas. Devemos sim encarar o mundo com muita dignidade.

Gostei muito desse seu texto e parabéns pela atitude tomada! E me senti a vontade de dividir a minah história.

Abraço

twitter @snoopy_xxx