Pesquisar este blog

Carregando...

domingo, 11 de janeiro de 2009

Final de Semana Maravilhoso

Esse final de semana foi maravilhoso, no sábado fui novamente ao teatro com o Ricardo, assistimos a peça Sexo Verbal. O trabalho apresenta um estudo de dois anos sobre o discurso sexual, baseado em palavras, imagens, rituais, fantasias e expressões corporais. Encenado no Casarão do Belvedere (região central da capital paulista), o espetáculo dialoga com o público sobre os desejos e segredos de uma mulher romântica, de um homossexual, de um casal em crise e de uma prostituta e seu freguês.

No domingo o Douglas me ligou super cedo, acho que era quase meio dia. Ele estava chegando de viagem, nem foi para a casa, me acordou, perguntou se eu queria ir ao playcenter. Eu disse que sim, então ele pediu para que eu me arrumasse rapidinho, pois passaria em casa dentro de 20 minutos. Antes de terminar de me vestir ele me ligou novamente me avisando que já estava na frente da minha casa, terminei de me vestir e fomos ao playcenter, gosto desse tipo de programa, sem aviso prévio. Quando chegamos ao parque, encontrei uma amiga de longa data com o seu namorado e a sua afilhiada, foi o que bastou para transformar uma simples tarde de diversão no parque, em um dia maravilhoso. Preciso de mais finais de semana como esse.

Concurso Cultural – 7 olhares

Quer ganhar de presente o livro “7 Olhares - Depoimentos Sobre a Homossexualidade na Adolescência” de Diego Ramos e Felipe Glück? O Blog Passageiro do Mundo em parceria com os autores lhe dá esse presente. Para isso, basta responder a pergunta abaixo nos comentários do post “7 olhares”. A melhor resposta recebera um exemplar do livro em qualquer lugar do Brasil.

Qual a maior dificuldade encontrada pelos adolescentes ao assumirem sua homossexualidade?

As respostas serão aceitas até a meia-noite do dia 13 de janeiro. A melhor resposta será divulgada no dia 15 de janeiro, abaixo da resposta é necessário deixar um endereço de email para contato.

2 comentários:

VIADAGEM E A TRANSGRESSÃO POÉTICA disse...

Fora os quilos e quilos de pizzas e esfirras....ehehehehehe Eu adoro aquela pizzaria gay, a pizza pode não ser essas coisas, mas é um local simples, simpático e aquele garçon gringo é muito lindinho.
Ricardo
aguieiras2002@yahoo.com.br

Serginho Tavares disse...

adoro parques
e essa peça parece ser mesmo muito boa