Pesquisar este blog

Carregando...

sexta-feira, 9 de janeiro de 2009

Liberdade Sexual II

Ontem fui ao Poupatempo da Sé. Uma tremenda propaganda enganosa do governo, o meu tempo não foi poupado em nada, fiquei quase 3 horas em pé, a minha sorte foi ter “O Caçador de Pipas” em mãos, um excelente livro, estou me emocionando demais com a história. Por conta da espera, quase terminei o livro, teria terminado se não fosse um ser mal educado que estava ao meu lado, o sujeito ligou o celular nas músicas do Zeca Pagodinho em alto e bom som, para quem quisese ouvir, um absurdo.

Tinha outros assuntos para resolver, mas como não contava com as 3 horas perdidas, voltei para a empresa. Na volta, vi uma cena linda: Um casal de gays de mãos dadas na Praça da Sé... Lembrei do meu amigo que acha lindo ver gays de mãos dadas na Paulista, e da minha posição que acharei lindo quando os gays andarem de mãos dadas em Itaquera. Creio que estamos avançado, pois não vejo a Sé como uma região Gay Frindley, se é que isso tem que ser levado em consideração, o respeito tem que ser dado a todos e em todo lugar. Parabéns para o casal anônimo que contribuiu brilhantemente com a militância.

Leia Também: Liberdade Sexual

Concurso Cultural – 7 olhares

Quer ganhar de presente o livro “7 Olhares - Depoimentos Sobre a Homossexualidade na Adolescência” de Diego Ramos e Felipe Glück? O Blog Passageiro do Mundo em parceria com os autores lhe dá esse presente. Para isso, basta responder a pergunta abaixo nos comentários do post “7 olhares”. A melhor resposta recebera um exemplar do livro em qualquer lugar do Brasil.

Qual a maior dificuldade encontrada pelos adolescentes ao assumirem sua homossexualidade?

As respostas serão aceitas até a meia-noite do dia 13 de janeiro. A melhor resposta será divulgada no dia 15 de janeiro, abaixo da resposta é necessário deixar um endereço de email para contato.

12 comentários:

Serginho Tavares disse...

de fato... parabéns pra eles mas lindo será ver isso em qualquer lugar!

Gustavo Miranda botadentro@ymail.com disse...

vc viu né, q eu te coloquei numa roubada?
Bjs!

Felipe Lucchesi disse...

risos Até que quando fui,POUPEI meu tempo sim ! risos Abraços !

VIADAGEM E A TRANSGRESSÃO POÉTICA disse...

Marcos,
pode crer que esse dia chegará... só não sei se estarei vivo para ver... risos... As mudanças são ainda mais lentas que possamos imaginar.
Beijos,
Ricardo
aguieiras2002@yahoo.com.br

Willians disse...

É amigo, continuo achando lindo toda a manifestação de afeto, seja na Paulista, na praça da Sé ou em Itaquera.
Passei o reveillon na praia e fui para a Barraca da Cris. Quando chegamos, eu e meu companheiro, uma moto mal estacionada impedia que tivéssemos lugar para deixar o carro. Um Senhor que vendia petiscos em uma barraca nos ajudou a mudar a moto de lugar. Primeiro ele brincou, disse que não podiamos mexer na moto que era dele, (e não era), depois veio nos ajudar. Estacionado o carro, ele me disse que queria ver só paz e amor, me apontando para um casal que se beijava a beira mar. Brigas já ví demais por hoje, disse-me ele, legal se todo mundo agora pudesse só beijar.

Junto minha voz ao coro que ele iniciou:

Faça amor, beije e promova a paz.

Willians.
willitol@hotmail.com

karol fuly disse...

Ai em Sp eu não sei, mas não é díficil ver gays de mãos dadas no rio...Tipo eu sei da importância desse ato pra quem passou por preconceito esse tipo de coisa...mas acho tão natural pessoas que se gostam assumirem isso ( independente de suas escolhas sexuais), que pra mim é até normal, e tem casais gays super fofos...
Quanto ao fã do Zeca pagodinho, bemm mal educado heim?
Será que ele já descobriu o fone de ouvidos? huahuauha

;*

Klero disse...

gente
eu AMO qdo vejo isso
acho tão fofo que tenho vontade de ir e dar parabéns!

HSLO disse...

Gosto também de vê dois homens juntos...nossa, é algo lindo.
A poucos dias estava em bar hetero com uma turma de amigos..já era madrugada, quando um rapaz de uma outra mesa começou a conversar comigo...nossas aos poucos ele foi se envolvendo no grupo...e então, resolvemos ficar.
Aff...ficou pasmo...com a situação, pois ele não estava importando com nada...e nem eu.
Fiquei com ele anoite toda...no bar. Presente com os meus amigos e os amigos dele.

Paulo disse...

Não importa o local, importa a manifestação. Começa assim, com um casal aqui, outro ali. Quando menos se espera, se torna uma coisa comum e passa a ser mais aceita por todos.

Claro que esse processo é demorado e levará algum tempo para chegarmos nisso... mas não custa sonhar, né?


beijão!

Angelus Gautama disse...

É muito bom ver isso mesmo... é algo tão simples, mas que faz tanta diferença.

beeabusada disse...

Olá, tudo certo?
Vim te parabenizar pelo blog e dizer que vc foi um dos meus 15 escolhidos para o selo Dardos.
Confira no meu blog

http://beeabusada.blogspot.com

Abraços!!!!!

Denise disse...

Gostaria que visitasse meu Bloghttp://denisezinha.blogspot.com/ o e comentasse sobre meu filho me pediu uma boneca...

Bjs