Pesquisar este blog

Carregando...

quinta-feira, 9 de julho de 2009

A Capa - Queer: Transgressões Culturais

A nova edição da Revista A Capa, que circula a partir deste fim de semana, tem como tema central a cultura queer, bastante complexa pela sua amplitude, mas presente no cotidiano de todos e traz pela primeira vez um ensaio artístico de capa. O protagonista deste ensaio é o cantor cearense Daniel Peixoto uma personagem da noite gay rico de elementos que compõe a estética queer e propõe um olhar artístico aos leitores, habitados aos tradicionais ensaios com homens de peitoral de fora. Daniel fala ainda sobre paternidade, drogas, carreira e seu próximo álbum, que não será lançado com o nome de Montage.

A revista também nos trás a comovente história de Erika, uma transexual de 15 anos que foi recusada por seis escolas, chegou a estudar em colégio para portadores de deficiência e agora usa seu nome social na rede pública de São Paulo. Para os fãs de Tom of Finland, artista finlandês conhecido pelo seu trabalho de caráter homoerótico, a revistra trás com exclusividade, a contribuição que o artista deu para a formatação da estética homossexual que está presente hoje no imaginário de todos através da sua arte, baseada em seus desejos que renderam mais de três mil peças.

Em “Achados”, coluna que estréia na revista e com a assinatura de Régis Olivar, editor de arte de A Capa, podemos conferir dicas para ler, ver, ouvir e comprar. Sérgio Ripardo faz uma homenagem à fotógrafa Daia Oliver ao publicar cinco cliques que reproduzem a cultura da noite gay. Gilles Wullus, editor da revista francesa Têtu, esteve no Brasil durante a Parada Gay e conversou com A Capa sobre o impacto da crise financeira no mercado editorial segmentado, turismo gay, publicidade e o futuro da mídia gay. A Capa também aborda a questão dos gogo boys e heterossexuais que contam como é trabalhar em clube gay onde são constantemente assediados do público e taxados de garotos de programa.

A revista é distribuída em cerca de 100 estabelecimentos como bares, restaurantes, saunas e clubes nos principais pontos de interesse gay de São Paulo, Rio de Janeiro, Curitiba, Belo Horizonte e Florianópolis. A revista também dispõe de assinaturas semestrais que podem ser feitas por moradores de qualquer cidade brasileira com o custo de R$ 29,90.








6 comentários:

FOXX disse...

essa revista é estranha...

HSLO disse...

Nossa queria ter acesso a essa revista...amei.


Abraços

Adlianny disse...

Não conhecia a revista, adorei o post, super informativo.
Gostei muito de sua visita no meu espaço.
Beijo grande

Carlos H. disse...

aha, pena que essa revista não tem por aqui.

cof

obrigado pelo comentario no blog.

besos......

Leo Carioca disse...

Engraçado: esses dias eu tô fazendo uma pesquisa exatamente sobre o Tom of Finland.

O VIADO E A TRANSGRESSÃO POÉTICA disse...

bom, eu tenho que ver defeitos e coisa ruins,né?... risos... Acho as fotos muito boas, gosto do site - ou não teria dado entrevista - ; gosto dos jornalistas. Mas acho que, toda a vez que os blogs abrem esses espaços para uma publicação, estão fazendo é publicidade gratuita para eles.
Tudo bem, se for algo consciente e decidido pelo autor do blog. Mas o que precisa ficar muito claro é que a recíproca não é verdadeira. Ou seja, não fariam o mesmo favor para o blogueiro.
Isso estando comprendido e consciente, tudo bem.
Blogs bem feitos e bem escritos são espaços que deveriam ser muito valorizados. Eu valorizo os que eu leio. Portanto, devem saber o que estão fazendo. Muitos blogueiros gostam por que têm uma pusa e um descanso para poderem criar seus post com calma.
Espero que não me entenda mal, já tinha dito isso na época em que a Junior fez a mesma coisa. Vivemos num sistema capitalista, ok! Querem explorar? tudo bem... mas não sejamos ingênuos...
Beijos,
Ricardo
aguieiras2002@yahoo.com.br