Pesquisar este blog

Carregando...

quarta-feira, 15 de julho de 2009

Dia Internacional do Homem

No dia de hoje, comemoramos o inusitado Dia Internacional do Homem, a origem é desconhecida e a mídia ignora completamente a data, o resto do mundo comemora a data no dia 19 de novembro. Há rumores que a data seja coemorada hoje em homenagem ao Samuel Rosa , vocalista do Skank, nascido neste dia, que costuma cantar as virtudes da mulher brasileira, da cerveja e do futebol, ou seja, um verdadeiro macho. Também não é por menos, o homem nunca teve uma condição social reduzida pelo fato de ser homem, diferente das mulheres que a pouquíssimo tempo atrás não tinha direito a voto no Brasil. Apesar de toda a revolução do movimento feminista que se desenrolou no século passado, ainda hoje, os homens tem uma situação mais favorável socialmente do que as mulheres. A história é contada pelas lutas de classe, se não há uma luta de inclusão para o sexo masculino na sociedade, não tem como a data de hoje repercutir.

A situação pode mudar no decorrer dos anos, não quero pegar o jargão da Regina Kazé, mas não podemos negar que as mulheres “vêm com tudo” e se os homens não se posicionarem, daqui a alguns anos, temos ONGs defendendo os direitos do sexo masculino e talvez uma lei semelhante à lei “Maria da Penha” redigida especialmente para a proteção do “sexo predominante”.

Os papeis já estão se invertendo, hoje em dia, muito homens são donos de casa, enquanto suas esposas saem para trabalhar. Com o crescendo domínio do salto alto e saia justa, as exigências das mulheres vêm crescendo, hoje os homens têm que ser bonitos, charmosos, elegantes, sensíveis. Ser do tipo aventureiro ou então sensível, saber ouvir, discutir a relação. Tem que ser inteligente, daqueles que encaram filmes mais densos. Se não, pelo menos que sejam bem humorados, generosos, dedicados e atenciosos. Algumas vão além, exigindo tudo isso dentro de um homem só. Com as mulheres contemporâneas, ser homem heterossexual, não é tão fácil quanto parece. Para alguns, ser gay é um alivio.







9 comentários:

FOXX disse...

a coisa é ser assexuado!
esse vai ser o novo hype!

Anônimo disse...

Que vontade de dar um caloroso e demorado abraço de parabéns em cada um dos rapazes das fotos dessa postagem. E também alguns beijos, porque não?

Leo Carioca disse...

É fácil entender por quê a mídia brasileira supervaloriza o Dia Internacional da Mulher e faz de conta que o Dia Internacional do Homem não existe...
Na nossa sociedade (Brasil, 2009), você sabe qual é a forma mais bem vista de agir, né? Supervalorizar a mulher e eclipsar o homem, pelo menos em público.
No Brasil, em 2009, pelo menos nos centros urbanos, pega bem você chegar em público e dizer que mulher tá sempre certa, mulher nunca erra, mulher tem sempre razão, em qualquer situação que envolva um desentendimento entre um homem e uma mulher a mulher é sempre a vítima e o homem é sempre o culpado...
Você é bem visto, você ganha status, você enfeita a sua imagem pública quando você assume esse tipo de posicionamento em público.
Então, como consequência disso, a mídia vai agir da mesma forma com as datas específicas ligadas ao homem e à mulher.
Não basta destacar o Dia Internacional da Mulher; também é preciso reduzir a importância do Dia Internacional do Homem pra que o Dia Internacional da Mulher se sobressaia mais.
Como eu disse, pega bem fazer isso.

Guy Franco disse...

Gostei da parte que fala do Skank. Sempre engraçado quando falam dessa banda.

Rodrigo disse...

Apesar dos homens terem mais direitos e serem mais valorizados pela sociedade, é também verdade que ser homem também é muito difícil, senão mais difícil do que ser mulher. Pois a pressão para o homem ser sempre forte e dominador também é uma carga pesada para o ser humano.
Então, parabenizo todos os homens pelo seu dia!!!

Paulo Braccini disse...

parabéns pela lembrança ... parabéns pela contextualização da postagem ... parabéns pelas ilustrações ... aff ... my God ... me acOde ...

bjux

;-)

O VIADO E A TRANSGRESSÃO POÉTICA disse...

Discordo muito quando atacam a mulher, acho misoginia pura, machismo e postura patriarcal, que também nos afeta na discriminação ao homossexual. Ou seja, somos dos os , mulher e homossexual, vítimas de preconceitos constantes.
Quando se existe uma discriminação sofrida por uma minoria cria-se algo chamado "isonomia", que foi o Dia da Mulher, 8 de março, data escolhida devido a um triste e trágico fato acontecido nos EUA, onde um grande grupo de mulheres operárias que faziam greve em uma fábrica, foram trancadas dentro e ateado fogo, morreram mais de 900. Se isso não é discriminação, basta então o autor acima estudar os casos de mulheres espancadas e violentadas.
Esse papo escroto de "dia de homem" é apenas uma resposta medíocre, assim como o é a Parada Heterossexual, em resposta a nossa.
Beijos,
Ricardo
aguieiras2002@yahho.com.br

J. disse...

Adorei o texto!! Fico realmente aliviado em ser gay..hehe.. E as mulheres estao buscando o q elas deixaram d ter por muito tempo. Alem de fazer quase tudo q um homem faz, a mulher ainda gera um filho. O homem tá tendo seu papel na sociedade cada dia mais ameaçado. Adorei como escreveu o texto. Uma otima quinta pra ti. Abraço

Anônimo disse...

Sinceramente ser gay deve ser é bom, os gays são mais cuidados e bonitos, só sobra homem feio para as mulheres. Sério. Vc tem é sorte ficam com os melhores.