Pesquisar este blog

Carregando...

quinta-feira, 5 de fevereiro de 2009

Beaucoup de Rater mon Petit Ami


O Ricardo Aguieiras rogou praga para mim, e a praga pegou. Antes de o Douglas viajar ele disse:

- Você irá sentir tanta falta do Douglas - disse o Ricardo em meio uma conversa sobre a viagem a viagem do meu petit ami.

- Hum, acho que não, são apenas alguns dias – me defendi com ar de descaso.

- Vai sentir e muito, você vai ver – reforçou-me a praga.

Sou taurino, apesar de não acreditar em signo, os taurinos são assim, pessoas ultra-sensíveis. Como todos os taurinos, eu não fujo da regra. Mas que regra? Eu não acredito nisso, mas o pior é que sempre funciona. Certa vez fui ver o significa do meu nome. Marcos é martelo forte ou martelador. Achei bem sugestivo, imaginem um martelador... Nossa!!! Juro que nem pensei nisso, imaginei o martelador como uma pessoa guerreira, forte e persistente.

Hoje vindo trabalhar o meu pai me perguntou:

- Porque você acordou tão cedo.

- Mal consegui dormir – respondi.

- Essas coisas acontecem, relaxa – disse ele se referindo ao arrombando da porta e o furto do som do meu carro. Mal sabe ele que nem estou pensando no carro, engraçado, nunca fui materialista. Na hora fiquei triste, pensei no prejuízo, mas depois, eu relaxei... Mandarei arrumar e comprarei outro som. Então, para que se lamentar? Não adiantará nada. Lembro-me do dia em que peguei esse carro, foi o meu primeiro carro zero, todos os meus amigos estavam me perguntando se eu estava empolgado e tal, mas eu estava normal, era apenas um carro novo.

...

Ontem, por volta das 16 horas o telefone tocou. Estava desanimado, pensando na vida, mas mesmo assim atendi prontamente:

- Alô - atendi desanimado pensando como seria bom estar próximo do meu amor.

- Bonjour mon petit ami! Tu va bien? - perguntou do outro lado da linha de forma eufórica.

- Douglas, oi meu lindo, não acredito que é você. Nossa você não imagina como é bom ouvir a sua voz, que bom que você me ligou - respondi emocionado.

...

Fiquei muito feliz e surpreso. Ficamos uns 5 minutos ao telefone, ele estava no intervalo de uma aula. Matamos um pouco a saudade, mas logo ele teve que desligar. Hoje fiquei com vontade de falar novamente com ele, mas ele não me passou o telefone. Liguei na escola de intercambio que ele fechou a viagem e pedi para falar com a agente de viagem dele. Disse que era o namorado do Douglas que fechou uma viagem com ela e que precisava do telefone da hospedaria estudantil que ele está, ela me passou. Na primeira vez que liguei atendeu uma brasileira, ela falou que ele era de outro andar e que deveria estar dormindo, ou seja, ela não queria ir chamá-lo. Depois de uma hora liguei novamente, era uma moça falando em inglês com um sotaque horrível, era uma tailandesa. Pedi para chamar o Douglas, ela foi chamá-lo, e em poucos minutos atende o Douglas desesperado. Ele sempre é desesperado, pensou que tinha acontecido alguma coisa. Vocês acreditam que ele não sabia que na hospedaria tinha telefone? Se eu não ligasse, ele jamais iria descobrir, enfim, ele é fofo, até a sua distração me atrai.

Ontem ele foi numa balada. Era um bar dançando com as mesas cheias e a pista vazia. Os estudantes que estavam com ele foram dançar, em pouco tempo várias pessoas levantaram-se das mesas e ficaram observando. Uma canadense se aproximou do Douglas e disse que ele dançava bem e pediu para ele ensinar, o Douglas deu uns toques para ela e ela ficou repetindo: Oui, oui, oui... Caralho! Parece filme pornô francês. Hoje eles vão na Parking Bar, é uma balada super conceituada em Montreal, é como se fosse a The Week de São Paulo... Se arrependimento matasse, eu estaria morto, deveria ter ido com ele, estaríamos nos divertindo horrores, mas não faltarão oportunidades. Estou com saudades do meu petit ami.

Leia Também: Bon Voyage mon Petit Ami

8 comentários:

Única e Exclusiva disse...

Oh! Marcos, fique assim não. Daqui a pouco ele está de volta (é fácil falar, né?)! Mas, sei lá, tenta se distrar, focar em algo.

Fica bem, beijinhos.
:*********

O VIADO E A TRANSGRESSÃO POÉTICA disse...

Marcos, nunca roguei praga, viu? Estou chorando muito agora com essa acusação gravíssima, vou falar com o Lula, você me discriminou.
Ricardo
aguieiras2002@yahoo.com.br

Arsênico disse...

pior que os dias parecem uma eternidade néah?... calminha honey... tome um rivotril e fique bem... hahaha...

..umBeijoeSossega!

***

Alexandre Lucas disse...

Rindo =)))

Felipe Lucchesi disse...

Saudade não tem preço ! Putz ! Como é bom as vezes,mas como é ruim ao mesmo tempo.

Laercio disse...

Marcos, procure não pensar na saudade e na distância, pense no retorno e na alegria de abraçá-lo novamente!

Coloca a música AMOR PERFEITO ae, e conte os dias e as horas para o reencontro!

Se Cuida!
Bjaum!

felipemaia disse...

"Até sua distração me atrai..."

Que lindo!!!

;)

Serginho Tavares disse...

viu? eu bem disse que era saudades dele...