Pesquisar este blog

segunda-feira, 14 de julho de 2008

Retratos do Brasil Homossexual

Todos nos sabemos que a situação do homossexual no Brasil ainda está longe de ser a minimamente favorável, ainda lutamos por questões de direitos constitucionais básicos, ainda lutamos pela validação do artigo 5º da constituição que diz que “TODOS SÃO IGUAIS PERANTE A LEI”, lutamos por 37 direitos que são concedidos ao cidadão hétero e são negados ao cidadão gay, o gay no Brasil é um cidadão rejeitado, não temos representatividade no legislativo desse país, nosso retrato político é apagado e nulo, o retrato do cidadão gay no Brasil, é um retrato em preto e branco, um retrato marcado pela dor, nunca tivemos nesse retrato o colorido da vida, devaneios que todos almejam, o retrato gay é marcado pelo preconceito e indiferença que reina nessa grande e rica nação chamada Brasil.

No dia 09 de julho um casal de homossexual foi brutalmente assassinato a pauladas em Iguape Grande, no Estado do Rio de Janeiro, na sexta uma mulher foi encontrada morte num quarto de hotel minutos antes de outra mulher ter pago a conta e registrado a saída, infelizmente o Retrato do Homossexual no Brasil é marcado com ódio, violência, dor, desespero, preconceito, fascismo e homofobia, somos portadores de um Retrato que grupos fundamentalistas tentam a todos custo minimizá-lo, onde a aversão desse retrato é um assunto simples, comentados em bares e padarias, ser homofobico não é uma vergonha nessa país, mas ser gay sim, isso é um vergonha, e hoje é esse retrato que temos no Brasil.

Homossexuais são rejeitados pelo leito materno, muito são órfãos de pais e mães ainda vivos, foram rejeitados pelas suas origens alegando vergonha, foram excluídos de comunidades, templos e associações por serem gays, vivemos numa sociedade que rejeitam gays, cidadãos de bem que pagam impostos, e acolhem criminosos, é muito comum ouvirmos que “fulano entrou no crime por conta da falta de oportunidade”, hoje comemoramos o “Dia da Liberdade”, mas por aqui, nada temos a comemorar, temos sim muito a lamentar, estamos assistindo de camarote milhares de evangélicos, hipócritas e fundamentalistas gritando pela liberdade ao preconceito, liberdade a homofobia quando se opõem a PLC 122, estamos num país onde a liberdade ao crime se tornou uma pratica comum, hipócritas, fundamentalistas e imorais, discípulos de “Pastores Ungidos Pelo Ódio”, que pregam o ódio e a homofobia em nome de Deus.

É com uma profunda tristeza que expresso a meu ver o “Retrato do Brasil Homossexual”, um retrato em preto e branco, sem a magia e a vivacidade das cores, um retrato manchado com sangue, já se foram 88 gays mortos por homofobia e intolerância segundo o Grupo Gay da Bahia, mas sabemos que esse numero é bem maior, muitos casos não ganham notoriedade, são dado a eles a mesma importância que o Legislativo, Executivo e o Judiciário dá a causa gay desse país, sabemos que nesses três poderes temos algumas exceções, mas o que importa para nos são os números, e os números que temos hoje são: 88 gays assassinatos por homofobia e intolerância em 2008, 5 projetos de políticas gays completamente parados no legislativo desse país, e 37 direitos básicos concedidos a héteros e negados a gays, diante a tudo isso, as exceções se tornam insignificantes, queremos impacto em nossas vidas, queremos mudar o “Retrato do Brasil Homossexual”, e para que isso aconteça, precisamos de políticas publicas sustentadas para o cidadão homossexual.

13 comentários:

" O PIMENTA ! " disse...

Com certeza cara...e o que mais me entristece é que nos lugares onde se diz que ja há uma "cultura homossexual", como São paulo, rio, e Floripa, pra mim não passa de hipocrisia mascarada....afinal , nosso pink money têm muito mais importância para eles que do que nós mesmos.....enfim....vamos ter fé!!

Ricardo disse...

"ser homofobico não é uma vergonha nessa país, mas ser gay sim, isso é um vergonha, e hoje é esse retrato que temos no Brasil."

Essa é a parte que resume tudo. Ainda dá orgulho para muitas pessoas dizer "eu odeio gays", "quero que eles morram".

Já ouvi isso de muitos amigos meus (que já dispensei, logicamente). Felizmente pude encontrar outros com a mente aberta, de bom caráter, que fogem dessa característica fedida da sociedade.

Como eu li num blog dia desses, "a estupidez humana é o maior motivo de seres de outro planeta não terem entrado em contato conosco."

SAM disse...

É nessa hora que a gente se pergunta sobre o que fazemos todos os dias para melhorar essa situação né?

Espetacular seu texto...como sempre!

Vivemos um momento único no Brasil, precisamos aproveitá-lo!

MARCUS disse...

PRECISAMOS TAMBÉM VOTAR MELHOR, ELEGER ALGUÉM SÉRIO QUE REPRESENTE NOSSOS INTERESSES.

Kim disse...

Caro Marcos, como sempre um texto muito bem colocado....agora quanto ao texto do marcus ai em cima, nao adianta votar melhor.......enquanto nao tivermos gays serios que se candidatem e lutem pela nossa causa....de nada vai adiantar....haja visto o Sr Lula que e "simpatizante", dona marta....nada resolveram......orque na realidade querem apenas nossos votos.

Passageiro disse...

Olá Kim,

É uma surpressa muito agradavel ver que você acompanha meu blog, fiquei muito feliz com isso.

Conheço a Kim há quase 10 anos, bem no começo do movimento Gay Cristão, na época que não tinhamos nenhuma igreja inclusiva no Brasil, é um amigo de longa data.

Autor disse...

Realmente é lamentável uma situação dessas num país como o nosso.
Aliás, em qualquer lugar.
Preconceito é uma doença.

Goiano disse...

a sociedade precisa rever os conceitos de humanidade
nao é possivel discriminar alguem... nao é possivel deixar um irmao morrer de fome
todos somos iguais... todos fazemos parte do UM
bjos

Blog do Jean disse...

Também gostei do texto, nos faz refletir mais sobre o assunto!
Mas não posso deixar de falar do vídeo que vc disponibizou, achei lindo! Uma graça, meigo e delicado, emociona!
Pessoal q deixou os comentários acima, será que viram? Deveriam!

Paulo disse...

Moro em São Paulo, uma das maiores cidades do Brasil, e mesmo por aqui vemos essa discriminação em todas as partes. Tirando algumas "ilhas", como os Jardins, Vila Madalena ou Centrão, ou ocasiões especiais, como a Parada Gay, rola muita discriminação. Fico imaginando como é nas cidades mais afastadas dos grandes centros, no interiorzão desse pais.

Agradeço muito por morar aqui e conseguir levar uma vida relativamente normal, embora sem ter os mesmos direitos que um heterossexual. E não, não vejo uma mudança significativa à curto ou médio prazo... Será preciso mudar muita coisa, principalmente a mentalidade e cultura desse país para chegarmos num nível de igualdade desejado por todos.

Mas um dia ainda vai rolar, tenho certeza!


abração, curti teu blog!

Rhenan disse...

Ainda há mito o que lutar. Um dia conseguiremos o respeito e a dignidade que merecemos. Um exelente texto. Parabéns!

Rhenan.
www.sexpride.blogspot.com

Serginho Tavares disse...

se todos os gays se unissem o mundo não nso veria como minoria...

ELZA A. disse...

CARO MARCOS,
PARABÉNS POR SEU ARTIGO, muito sério e pungente.
É incrível como somos objeto de um "ÓDIO GRATUITO". Mas o que me consola é que , GERALMENTE ESTE ÓDIO VEM DE PESSOAS ABSOLUTAMENTE INCAPAZES E IGNORANTES.
Pena, que em nosso país, muita gente boa, de postura respeitável, ocupantes de carreiras respeitadas, com conhecimento social,político e jurídico etc... NÃ SAEM DO ARMÁRIO!

Parece que o medo é maior do que a vontade de SE fazer respeitar. Por isso CREIO QUE AINDA NÃO ELEGEMOS UM SENADOR GAY, DEPUTADOS FEDERAIS,ESTADUAIS E VEREADORES GAYS.

NÃO DIGO NEM "SIMPATIZANTES", POR QUE NA HORA "H" ESTA "SIMPATIA TODA" CAI POR TERRA, NOS MOMENTOS DE "NEGOCIAR" COM PARTIDOS, COMO AGORA FOI FEITO COM A LEI DE ADOÇÕES, ONDE "RETIRARAM SUMARIAMENTE" OS HOMOSSESUAIS, POR PRESSÃO DOS HIPÓCRITAS RELIGIOSOS, QUE SEQUER TEM AMOR AO PRÓXIMO...

MAS, QUERO TE CUMPRIMENTAR E ME PONHO A SEU DISPOR - COMO CIDADÃ E ADVOGADA- PARA JUNTAR-ME A UMA CORRENTE BEM GRANDE A FAVOR DA HOMOAFETIVIDADE E DE DIREITOS IGUAIS PARA TODOS! ABRAÇOS
ELZA A.