Pesquisar este blog

Carregando...

sábado, 9 de outubro de 2010

Porque Não Voto em Dilma Rousseff: A Questão do Aborto

A cada dia que passa, nos convencemos ainda mais que a candidata a sucessão ao poder, Dilma Rousseff, é uma experiência mal sucedida. Os fabricantes de Dilma cometeram graves erros de programação, não alinhando suas ideias e pensamentos e apagando por completo o seu passado. Quem é Dilma? De onde ela veio? Como foi parar na Casa Civil? Como foi escolhida para a sucessão do poder? São perguntas recorrentes que não querem calar.

Acontecimentos recentes servem para mostrar ao Brasil quem é Dilma Rousseff, uma candidata comprometida apenas com a sucessão do poder e que está pouco se lixando com a opinião pública, aliás, recentes programações no computador de bordo implantado em Dilma Rousseff, mudam algumas de suas opiniões emitidas, a fim de agradar a opinião pública e chegar ao poder pelo atalho mais rápido: a manipulação em massa.

Em entrevista dada a Revista Isto é, a candidata do governo se declara a favor do aborto, defende a criação de um serviço de atendimento público para todas a mulheres interessadas em realizar o procedimento e completa dizendo que o aborto não é uma questão de foro íntimo e sim de saúde pública. Em declarações recentes, a candidata muda sua posição e se declara contra o aborto.


Agora pergunto novamente: Quem é Dilma Rousseff? É esse tipo de presidente que devemos colocar no poder? Que não tem compromisso algum com a ética e verdade. Vamos refletir e agir com coerência no dia 03 de outubro e colocar no poder quem tem compromisso com ética e com a verdade.

2 comentários:

Edilson disse...

Medoooooo...rs.
Estava vendo o horário político hoje e fiquei assustado com a falta de carisma e projetos da candidata. Abraços e parabéns pela inicitiva de abordar assuntos tão pertinentes.

Anônimo disse...

Não vi nenhuma mudança de opinião ou incoerência nas declarações de Dilma, sinceramente!
Aborto é um assunto de saúde pública e as mulheres que o praticam devem receber sim uma atenção especial, isso é fato. Mas só essa declaração não é suficiente pra dizer que Dilma apoia o aborto e irá discriminalizar a prática. Acho que se alguém tem manipulado a grande massa, esse alguém é a grande mídia brasileira, que demonstra apoio quase explicito ao candidato José Serra. Claro, pra essa mídia é mais conveniente que tenhamos um governo que privilegie as classe mais abastada.
Se Dilma é uma total desconhecida, Serra bebeu da fonte FHC, e demonstrou ter bebido com muita sede. Só olhar o seu governo em SP, foi privatização que não acaba mais.

Nunca fui petista, mas nessas eleições estou petista. O governo Lula não governou pra uma classe social em detrimento da outra. Foi uma gestão com falhas, claro, mas comparada a outras gestões, foi um grande avanço na política brasileira.